Notícias

Receita paga nesta terça restituições de lote residual do IRPF de novembro

Lote residual do IRPF caí nesta terça

Nesta terça-feira (30) a Receita Federal vai depositar o crédito na conta de 260.412 contribuintes que estão no lote residual da restituição do Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF). O valor total soma R$ 450 milhões.

Lote residual do IRPF caí nesta terça

Nesta terça-feira (30) a Receita Federal vai depositar o crédito na conta de 260.412 contribuintes que estão no lote residual da restituição do Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF). O valor total soma R$ 450 milhões.

Na semana passada a consulta do lote residual do mês de novembro de 2021 foi aberta para os contribuintes. Esse lote inclui as restituições residuais de exercícios anteriores.

Compõem o lote os contribuintes com prioridade legal, como idosos, pessoas com alguma deficiência física, mental ou moléstia grave e aqueles cuja maior fonte de renda é o magistério.

Além disso, estão no lote 199.668 contribuintes não prioritários que entregaram a declaração até o último dia 9.

Os contribuintes que desejam saber se a restituição está disponível, precisam acessar a página da Receita na internet, selecionar Meu Imposto de Renda e, em seguida, em Consultar a Restituição. 

Na página há orientações e os canais de prestação do serviço, permitindo a consulta simplificada ou completa da situação da declaração, por meio do extrato de processamento, acessado no e-CAC.

Caso identifique alguma pendência na declaração, o contribuinte pode retificá-la, corrigindo as informações que porventura estejam equivocadas.

A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que possibilita consultar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

O pagamento será realizado diretamente na conta bancária que o contribuinte informou na Declaração de Imposto de Renda.

Caso o crédito não seja feito, por algum motivo, os valores ficarão disponíveis para resgate por até um ano no Banco do Brasil. 

Assim, o cidadão pode reagendar o crédito dos valores por meio do Portal BB, ou ligando para a Central de Relacionamento BB por meio dos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

A receita informou que “Caso o contribuinte não resgate o valor de sua restituição no prazo de um ano, deverá requerê-lo pelo Portal e-CAC, disponível no site da Receita Federal, acessando o menu Declarações e Demonstrativos > Meu Imposto de Renda e clicando em “Solicitar restituição não resgatada na rede bancária”.

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Receita abre nesta terça

Serão contemplados 260.412 contribuintes, entre prioritários e não prioritários. O valor total do crédito é de R$ 450.000.000,00.

Receita abre nesta terça

A partir das 9 horas desta terça-feira (23/11), o lote residual de restituição do IRPF (Imposto de Renda de Pessoa Física) do mês de novembro de 2021 estará disponível para consulta. Esse lote contempla também restituições residuais de exercícios anteriores.

O crédito bancário para 260.412 contribuintes será realizado no dia 30 de novembro, no valor total de R$450.000.000,00. Desse total, R$179.055.455,43 referem-se ao quantitativo de contribuintes que têm prioridade legal, sendo 4.623 contribuintes idosos acima de 80 anos, 37.928 contribuintes entre 60 e 79 anos, 3.751 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave e 14.442 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

Foram contemplados ainda 199.668 contribuintes não prioritários que entregaram a declaração até o dia 09/11/2021.

Para saber se a restituição está disponível, o contribuinte deve acessar a página da Receita na internet (www.gov.br/receitafederal), selecionar em “Meu Imposto de Renda” e, em seguida, em “Consultar a Restituição”. A página apresenta orientações e os canais de prestação do serviço, permitindo uma consulta simplificada ou uma consulta completa da situação da declaração, por meio do extrato de processamento, acessado no e-CAC. Se identificar alguma pendência na declaração, o contribuinte pode retificar a declaração, corrigindo as informações que porventura estejam equivocadas.

A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que possibilita consultar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

O pagamento da restituição é realizado diretamente na conta bancária informada na Declaração de Imposto de Renda. Se, por algum motivo, o crédito não for realizado (por exemplo, a conta informada foi desativada), os valores ficarão disponíveis para resgate por até 1 (um) ano no Banco do Brasil. Neste caso, o cidadão poderá reagendar o crédito dos valores de forma simples e rápida pelo Portal BB, acessando o endereço: https://www.bb.com.br/irpf, ou ligando para a Central de Relacionamento BB por meio dos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

Caso o contribuinte não resgate o valor de sua restituição no prazo de 1 (um) ano, deverá requerê-lo pelo Portal e-CAC, disponível no site da Receita Federal, acessando o menu Declarações e Demonstrativos > Meu Imposto de Renda e clicando em “Solicitar restituição não resgatada na rede bancária”.

Receita Federal paga nesta sexta lote residual de restituies do IRPF 2021 Folha1

Receita Federal paga nesta sexta lote residual de restituies do IRPF 2021 Folha1

Fale conosco

Expediente

Publicidade

Trabalhe conosco

Principal

Poltica

Geral

Artigos

Economia

Esporte

Cultura & Lazer

Blogs

Energia

Mundo

Na Foz

Folha Vdeos

Folha Fotos

Plena TV

Receita paga restituições do último lote do IR 2021

Estão sendo depositados R$ 562 milhões para 358 mil contribuintes A Receita Federal paga nesta quinta-feira (30) as restituições do quinto e último

Receita paga restituições do último lote do IR 2021

Guarulhos retoma blitze integradas entre forças de segurança do município

Cras Acácio insere mulheres indígenas no mercado formal de trabalho

Pré-conferência da Igualdade Racial acontece no próximo sábado (04)

Prefeitura diz que decisão sobre Carnaval 2022 em Guarulhos se dará só após avaliações técnicas

DPAN realiza mais de 1,2 mil castrações de cães e gatos da cidade só em novembro

Audiência pública sobre taxa do lixo vai encaminhar relatório da sociedade civil à Prefeitura e Câmara

Poluição de aviões comerciais é tema de palestra na Câmara Municipal

Comissão de Obras faz visita técnica na Ponte Grande após polêmica sobre Estádio e Sabesp

Projeto de Lei na Câmara Municipal pretende adequar cidade para receber 5G

Vice-prefeito, Professor Jesus (Republicanos) recebe Troféu Raça Negra

VII Conferência Municipal de Cultura reúne agentes culturais, instituições e autoridades

Adamastor recebe premiação do 17º Salão Nacional de Arte Contemporânea de Guarulhos

Festival de Dança de Guarulhos recebe inscrições até esta segunda (29)

Estreia nacional de Rusalka no Teatro Adamastor destaca grande elenco

Grupo Populacho estreia série livremente baseada em Shakespeare

Handebol é campeão e medalhas na ginástica marcam o fim de semana do esporte Guarulhense

Sem Neymar, Brasil busca revanche após ser vice na Copa América

Guarulhos terá torneio de futebol ‘Taça das Favelas’ em 2022

CEU Presidente Dutra oferece vagas para aulas de Kung Fu

Guarulhense Rebeca Andrade é 1ª brasileira com ouro e prata em um só Mundial de Ginástica

Unimed e outras empresas têm vagas de emprego abertas em Guarulhos

ViaMobilidade está com vagas abertas para jovem aprendiz no Metrô de SP

Prefeitura firma parceria com Senai para curso de aprendizagem industrial de soldador

Ciet divulga 40 vagas de emprego para trabalhar em Guarulhos

CIET Guarulhos divulga 34 vagas de emprego em diversas áreas de atuação

Enem 2021: resultado das provas será divulgado em 11 de fevereiro

Caixa paga Auxílio Brasil a cadastrados com NIS final 9

Anvisa recomenda restrições de voo diante de nova variante da Covid-19

Cientistas descobrem nova variante do coronavírus com grande número de mutações

Vacinados com Janssen precisam tomar 2ª dose do imunizante, entenda

Operação Cata-Treco atende Jardim Vila Galvão e Vila Renata neste sábado (27)

Pontos de Entrega Voluntária (PEV) em Guarulhos passam a se chamar Ecopontos

Food Truck do Bem atenderá a população vulnerável do Jd. Bananal a partir de segunda (29)

Faculdade de Guarulhos oferece fisioterapia para pacientes pós-Covid-19

Mais de 13 mil famílias de Guarulhos precisam atualizar NIS para manter Tarifa Social de Energia Elétrica

Guarulhos retoma blitze integradas entre forças de segurança do município

Cras Acácio insere mulheres indígenas no mercado formal de trabalho

Pré-conferência da Igualdade Racial acontece no próximo sábado (04)

Prefeitura diz que decisão sobre Carnaval 2022 em Guarulhos se dará só após avaliações técnicas

DPAN realiza mais de 1,2 mil castrações de cães e gatos da cidade só em novembro

Audiência pública sobre taxa do lixo vai encaminhar relatório da sociedade civil à Prefeitura e Câmara

Poluição de aviões comerciais é tema de palestra na Câmara Municipal

Comissão de Obras faz visita técnica na Ponte Grande após polêmica sobre Estádio e Sabesp

Projeto de Lei na Câmara Municipal pretende adequar cidade para receber 5G

Vice-prefeito, Professor Jesus (Republicanos) recebe Troféu Raça Negra

VII Conferência Municipal de Cultura reúne agentes culturais, instituições e autoridades

Adamastor recebe premiação do 17º Salão Nacional de Arte Contemporânea de Guarulhos

Festival de Dança de Guarulhos recebe inscrições até esta segunda (29)

Estreia nacional de Rusalka no Teatro Adamastor destaca grande elenco

Grupo Populacho estreia série livremente baseada em Shakespeare

Handebol é campeão e medalhas na ginástica marcam o fim de semana do esporte Guarulhense

Sem Neymar, Brasil busca revanche após ser vice na Copa América

Guarulhos terá torneio de futebol ‘Taça das Favelas’ em 2022

CEU Presidente Dutra oferece vagas para aulas de Kung Fu

Guarulhense Rebeca Andrade é 1ª brasileira com ouro e prata em um só Mundial de Ginástica

Unimed e outras empresas têm vagas de emprego abertas em Guarulhos

ViaMobilidade está com vagas abertas para jovem aprendiz no Metrô de SP

Prefeitura firma parceria com Senai para curso de aprendizagem industrial de soldador

Ciet divulga 40 vagas de emprego para trabalhar em Guarulhos

CIET Guarulhos divulga 34 vagas de emprego em diversas áreas de atuação

Enem 2021: resultado das provas será divulgado em 11 de fevereiro

Caixa paga Auxílio Brasil a cadastrados com NIS final 9

Anvisa recomenda restrições de voo diante de nova variante da Covid-19

Cientistas descobrem nova variante do coronavírus com grande número de mutações

Vacinados com Janssen precisam tomar 2ª dose do imunizante, entenda

Operação Cata-Treco atende Jardim Vila Galvão e Vila Renata neste sábado (27)

Pontos de Entrega Voluntária (PEV) em Guarulhos passam a se chamar Ecopontos

Food Truck do Bem atenderá a população vulnerável do Jd. Bananal a partir de segunda (29)

Faculdade de Guarulhos oferece fisioterapia para pacientes pós-Covid-19

Mais de 13 mil famílias de Guarulhos precisam atualizar NIS para manter Tarifa Social de Energia Elétrica

Além dos contribuintes que entregaram a declaração no prazo, até 31 de maio, a Receita pagará restituição a contribuintes que entregaram a declaração com atraso, até 15 de setembro, e não caíram na malha fina.

O restante tem prioridade legal, sendo 4.955 contribuintes idosos acima de 80 anos, 47.465 contribuintes entre 60 e 79 anos, 4.927 contribuintes com alguma deficiência física, mental ou moléstia grave e 19.211 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

A partir do próximo mês, o Fisco só liberará as restituições a contribuintes que tenham caído na malha fina em 2021 ou em anos anteriores e tenham retificado a declaração, corrigindo inconsistências ou erros de informação.

Inicialmente prevista para terminar em 30 de abril, o prazo de entrega da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física foi encerrado em 31 de maio por causa da segunda onda da pandemia de covid-19. Apesar do adiamento, o calendário original de restituição foi mantido, com cinco lotes a serem pagos entre maio e setembro, sempre no último dia útil de cada mês.

A consulta pode ser feita na página da Receita Federal da internet. Basta o contribuinte clicar no campo “Meu Imposto de Renda” e, em seguida, “Consultar Restituição”. A consulta também pode ser feita no aplicativo Meu Imposto de Renda, disponível para os smartphones dos sistemas Android e iOS.

Quem não está na lista pode consultar o extrato da declaração para verificar eventuais pendências. Nesse caso, o contribuinte deverá entrar na página do Centro Virtual de Atendimento da Receita (e-CAC) < https://cav.receita e verificar se há inconsistências de dados. Nessa hipótese, o contribuinte pode avaliar as inconsistências e fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.

A restituição fica disponível no banco durante um ano. Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento da Receita por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

O Guarulhos Online é um Portal de Notícias que proporciona por meio de uma linha editorial moderna e plural, uma cobertura dos principais acontecimentos de Guarulhos e região.

WhatsApp GO: (11) 5199-3690

Redação: [email protected]

Comercial: [email protected]

Receita paga R$ 70,1 milhões em restituições para 54,6 mil em MS

A Receita Federal vai pagar nesta terça-feira (31), as restituições do quarto lote do Imposto de Renda Pessoa Física 2021 e também restituições …

Receita paga R$ 70,1 milhões em restituições para 54,6 mil em MS

A Receita Federal vai pagar nesta terça-feira (31), as restituições do quarto lote do Imposto de Renda Pessoa Física 2021 e também restituições de exercícios anteriores. Para Mato Grosso do Sul, serão destinados R$ 70.143.958,85 para 54.625 contribuintes.

O valor total pago em todo o País chega a R$ 5,1 bilhão. Idosos, pessoas com deficiência física, mental ou moléstia grave e contribuintes que tenham no magistério maior fonte de renda têm prioridade.

O contribuinte pode acessar a página da Receita na internet para fazer a consulta. No serviço Portal e-CAC, é possível verificar o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. Nessa hipótese, o contribuinte pode fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.

O pagamento da restituição é feito diretamente na conta bancária informada pelo contribuinte na declaração. Se por algum motivo o crédito não for realizado (se, por exemplo, a conta foi desativada), os valores ficarão disponíveis para resgate por até um ano no Banco do Brasil.

Nesse caso, o cidadão pode reagendar o crédito dos valores, em seu nome, pelo Portal BB ou ligando para 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

(Com informações da Agência Brasil).

Receita Federal abre nesta terça

Crédito bancário para 260.412 contribuinte será realizado no dia 30 deste mês, no valor total de R$ 450 milhões.

Receita Federal abre nesta terça

Já está disponível para consulta o lote residual de restituição do Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF) do mês de novembro de 2021. O lote inclui também restituições residuais de exercícios anteriores. Segundo a Receita, o crédito bancário para 260.412 contribuinte será realizado no dia 30 deste mês, no valor total de R$ 450 milhões.

Confira mais: Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 3 milhões nesta quarta-feira

Além de contribuintes que têm prioridade legal, como idosos, pessoas com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave e aqueles cuja maior fonte de renda é o magistério, também estão nesse lote 199.668 contribuintes não prioritários que entregaram a declaração até o último dia 9.

Para saber se a restituição está disponível, o contribuinte deve acessar a página da Receita na internet, selecionar em Meu Imposto de Renda e, em seguida, em Consultar a Restituição. A página apresenta orientações e os canais de prestação do serviço, permitindo a consulta simplificada ou completa da situação da declaração, por meio do extrato de processamento, acessado no e-CAC.

Se identificar alguma pendência na declaração, o contribuinte pode retificá-la, corrigindo as informações que porventura estejam equivocadas.

A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que possibilita consultar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

O pagamento da restituição é realizado diretamente na conta bancária informada na Declaração de Imposto de Renda. Se, por algum motivo, o crédito não for feito (por exemplo, a conta informada foi desativada), os valores ficarão disponíveis para resgate por até um ano no Banco do Brasil. Neste caso, o cidadão poderá reagendar o crédito dos valores de forma simples e rápida pelo Portal BB, ou ligando para a Central de Relacionamento BB por meio dos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

“Caso o contribuinte não resgate o valor de sua restituição no prazo de um ano, deverá requerê-lo pelo Portal e-CAC, disponível no site da Receita Federal, acessando o menu Declarações e Demonstrativos > Meu Imposto de Renda e clicando em “Solicitar restituição não resgatada na rede bancária”, esclareceu a Receita.

Formados no ensino superior perceberam melhora para conseguir emprego

Quase 75% das famílias brasileiras têm algum tipo de dívida, aponta CNC

Confiança do comércio cai 6,2 pontos em novembro e vai ao menor nível desde abril

Segundo o Fisco, há R$ 448,5 milhões em créditos bancários para 292.752 contribuintes.

Publicado

A Receita Federal credita hoje (29) na conta bancária do contribuinte a restituição do lote residual de restituição do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) relativo ao mês de outubro de 2021. O lote contempla também restituições residuais de exercícios anteriores.

Leia ainda: Receita Federal oferece oportunidade de regularização para 16 mil pessoas

As informações sobre a restituição estão disponíveis por meio de aplicativo para tablets e smartphones e por meio do site da Receita, na área intitulada Meu Imposto de Renda, onde deve-se clicar em Consultar a Restituição.

Nela, o contribuinte tem acesso às orientações e aos canais de prestação do serviço, nos quais é possível fazer consultas no formato simplificado ou completo de sua situação, por meio do extrato de processamento, acessado no portal e-CAC. Caso identifique pendência, ele poderá retificar a declaração.

Segundo a Receita Federal, há R$ 448,5 milhões em créditos bancários para 292.752 contribuintes. “Desse total, R$ 169.234.573,08 referem-se ao quantitativo de contribuintes que têm prioridade legal, sendo 4.593 idosos acima de 80 anos, 40.459 entre 60 e 79 anos, 3.862 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave e 14.520 cuja maior fonte de renda seja o magistério”, informou, em nota a Receita.

O pagamento da restituição é feito na conta bancária informada na Declaração de Imposto de Renda. Nos casos em que o depósito não tenha sido feito, os valores ficarão disponíveis para resgate por até um ano no Banco do Brasil. Em geral essa situação ocorre quando a conta corrente declarada foi encerrada.

Para ter acesso ao dinheiro não depositado, o contribuinte precisa reagendar o crédito por meio do Portal BB, ou ligar para a Central de Relacionamento BB, nos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

“Caso o contribuinte não resgate o valor de sua restituição no prazo de um ano, deve requerê-lo pelo portal e-CAC, disponível no site da Receita Federal, acessando o menu Declarações e Demonstrativos > Meu Imposto de Renda e clicando em Solicitar restituição não resgatada na rede bancária”, informa a Receita.

Segundo o Supremo Tribunal Federal, o Imposto de Renda não deveria ser cobrado sobre juros de mora incidentes em precatórios alimentares

Publicado

Quem recebeu precatório de caráter alimentar e pagou imposto de renda sobre os juros de mora tem o direito de pedir a restituição do imposto pago de forma indevida. Foi esse o entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF).

Veja ainda: Salário de professor deve ficar isento do Imposto de Renda; Entenda

Para o STF, neste caso, o caráter é indenizatório e não acréscimo patrimonial. Sendo assim, não deveria ser cobrado o valor de juros de mora incidentes em verbas salariais e previdenciárias pagas em atraso.

Com base nisso, os interessados têm poucos dias para ir atrás da restituição. É possível pedir a devolução do imposto pago de forma indevista desde o ano de 2016. Considerando todo o período, a Receita Federal pode ter que devolver cerca de R$ 365 milhões.

Como a decisão do Supremo Tribunal Federal é recente, muitos brasileiros ainda não sabem que podem pedir o dinheiro de volta. O prazo para solicitar a restituição acaba nos próximos 10 dias.

Vale lembrar que os interessados só podem pedir a restituição dos valores referentes aos últimos cinco anos. Quem recebeu os precatórios federais em novembro de 2016 vão perder o direito se não retificarem a declaração o quanto antes.

Quem tem direito à restituição precisa abrir a declaração do Imposto de Renda de 2017 e ver as informações detalhadas do precatório. Depois disso, as pessoas vão retificar a declaração, que vai ser submetida à Receita Federal.

Além disso, nos próximos dias o Fisco deve publicar uma instrução normativa com todos os detalhes para a solicitação da restituição do Imposto de Renda.

Há R$ 448,5 milhões em créditos bancários para 292.752 contribuintes. O crédito será depositado no dia 29 de outubro.

Publicado

A Receita Federal abriu na última sexta-feira (22) consulta a lote residual de restituição do Importo de Renda da Pessoa Física (IRPF) relativo ao mês de outubro de 2021. O lote contempla também restituições residuais de exercícios anteriores. As informações sobre a restituição estão disponíveis por meio de aplicativo para tablets e smartphones e por meio do site da Receita, na área intitulada Meu Imposto de Renda, onde deve-se clicar em Consultar a Restituição.

Leia mais: Receita Federal lança app com consulta facilitada ao IR e CPF

Nela, o contribuinte tem acesso às orientações e aos canais de prestação do serviço, nos quais é possível fazer consultas no formato simplificado ou completo de sua situação, por meio do extrato de processamento, acessado no portal e-CAC. Caso identifique pendência, ele poderá retificar a declaração.

Segundo a Receita Federal, há R$ 448,5 milhões em créditos bancários para 292.752 contribuintes. O crédito será depositado no dia 29 de outubro. “Desse total, R$ 169.234.573,08 referem-se ao quantitativo de contribuintes que têm prioridade legal, sendo 4.593 idosos acima de 80 anos, 40.459 entre 60 e 79 anos, 3.862 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave e 14.520 cuja maior fonte de renda seja o magistério”, informou, em nota a Receita.

O pagamento da restituição é feito na conta bancária informada na Declaração de Imposto de Renda. Nos casos em que o depósito não tenha sido feito, os valores ficarão disponíveis para resgate por até um ano no Banco do Brasil. Em geral essa situação ocorre quando a conta corrente declarada foi encerrada. Para ter acesso ao dinheiro não depositado, o contribuinte precisa reagendar o crédito por meio do Portal BB, ou ligar para a Central de Relacionamento BB, nos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

“Caso o contribuinte não resgate o valor de sua restituição no prazo de um ano, deve requerê-lo pelo portal e-CAC, disponível no site da Receita Federal, acessando o menu Declarações e Demonstrativos > Meu Imposto de Renda e clicando em Solicitar restituição não resgatada na rede bancária”, informa a Receita.

Referência:
fdr.com.br
www.gov.br
www.folha1.com.br
guarulhosonline.com.br
www.campograndenews.com.br
capitalist.com.br

Botão Voltar ao Topo