Notícias

Mauro Cezar Pereira – opinião Após obter grande vantagem, Renato pode poupar Fla sem críticas

Mauro Cezar explica como Renato Gaúcho pode ter sucesso no Flamengo

Mauro Cezar Pereira revela como o novo treinador do Flamengo, Renato Gaúcho, pode repetir o bom começo de trabalho do Grêmio de 2017.

Mauro Cezar explica como Renato Gaúcho pode ter sucesso no Flamengo

O Flamengo anunciou, neste sábado (10), Renato Gaúcho como seu novo técnico. Mas apesar de dividir opiniões entre torcedores e imprensa, o comentarista Mauro Cezar Pereira afirma que o treinador pode dar certo. De acordo com ele, Portaluppi, antes, precisa entender o padrão do time e dar continuidade ao que vem dando certo. A opinião foi dada através do Twitter, onde o jornalista é um dos mais atuantes.

LEIA MAIS: Rogério Ceni é demitido pelo Flamengo

Para Mauro Cezar, o novo comandante rubro-negro pode dar certo em um futebol nivelado por baixo como o Brasil. Entretanto, ele destaca que Renato Gaúcho precisa entender o que tem em mãos e como trabalhar a equipe vencedora dos últimos anos:

“Assim, nesse futebol medíocre que se pratica no país, pode até funcionar. E há outra semelhança: como o Grêmio de Roger, o Flamengo de Rogério Ceni é/era time que controla o jogo pela posse de bola. A ver. Mas antes Renato e Flamengo precisam se acertar”, escreveu o jornalista.

Descrevendo o que Renato encontrará no Flamengo, Mauro Cezar prosseguiu explicando que não é hora de mudanças radicais. Mas apontou o começo do trabalho no Grêmio, em 2017, como um caminho para ter sucesso agora:

“Se Renato Gaúcho acertar com o Flamengo, apesar dos últimos dois anos bem abaixo no Grêmio, pode dar certo? Seria difícil, mas em tese poderia funcionar. Como? Qual o caminho? (…) Se ele não mexer profundamente na estrutura, repetindo a conduta adotada há quase cinco anos, quando voltou ao Rio Grande do Sul, estará no caminho mais seguro, adequado, sem ferir as características do elenco”, disse Mauro Cezar.

O contrato de Renato Gaúcho com o Flamengo vai até o final de 2021 e aceitou redução salarial para o acerto com a equipe onde foi ídolo como jogador.

Acompanhe o jornalista Bruno Guedes no Twitter

Precisamos do seu apoio para fazer o melhor site de jornalismo sobre o Flamengo. Clique AQUI e saiba como se tornar nosso apoiador!

Mauro Cezar: “Não caia na conversa elitista, o vilão nos jogos do Fla não é o ingresso mais barato”

Mauro Cezar fala sobre a quantia que coube ao Flamengo depois do jogo contra o Internacional e a polêmica de jogar no Maracanã com ingressos baratos. O jornalista ainda reforça o argumento quanto explicita dados de 2017, quando os ingressos eram mais caros.

31/07/2021

31/07/2021

31/07/2021

Adicione um comentário

Flamengo têm prejuízo até na ilha, Maracanã, se não têm renda de jogos, têm ganho da força da torcida, e isso é mais importante nesse momento que o lucro! Até poder ter o Maracanã ou outra arena(difícil) pra fazer mudanças, equilibrando os preços!

Tem gente que não consegue entender que a maioria do povo brasileiro é pobre, e 50 reais no orçamento de quem ganha salário mínimo é dinheiro pra cacete, e quem é rico e tem condições de pagar 100 reais não vai por medo da violência, entao a melhor saída e colocar preço baixo mesmo faturando em cima do programa de sócio torcedor e mantendo o estádio sempre cheio, afinal uma coisa é jogar com 20 mil incentivando e outra e jogar pra 60 mil incentivando, com estádio lotado até o Arão joga bola…

O povo deste país é comunista ou socialistas mesmo, não tem jeito, nunca vai pra frente. A maioriaespera que o governo lhe dê tudo, lhe proteja, banque tudo, vota em que lhe compra, sem fazer a parte dele e esquecendo que a conta será paga por ele. Igual a alguns torcedores do Flamengo, querem um time forte, títulos, contratações, CT de 1o mundo, estádio próprio, formação de craques na base, manutenção de jogadores de destaque, tudo de 1a qualidade. Na hora de fazer a parte dele, pagar ingresso, faz campanha pelos R$ 10, o clube que se vire para arrecadar mais, que encontre outras fontes de renda, bastou o time oscilar que de 110 mil ST caiu para 58 mil, compra camisa falsificada, arrebenta o estádio para entrar de graça, prejudica o time, o clube perdeu a arrecadação de dois jogos que lhe renderiam uma boa grana, ameaçam jogadores, depredam estádios que o clube novamente vai ter de pagar pelo dano, depreciam ativos da casa (jogadores os quais o passe pertence ao Flamengo) que se vê obrigado a desfazer deles de graça ou a preços irrisórios. A pergunta que faço é a seguinte: QUE TORCIDA É ESSA??? Não existe almoço de graça!!! A realidade de hoje é buscar um aluguel e custos mais baixos ou um preço de ingresso um pouco mais caro para gerar algum lucro, não tem mágica, simples assim.

Perfeito!!!

Com ingresso caro a torcida não vai cara, e não é por ser comunista e querer que o governo lhe baque, é porque as pessoas têm contas pra pagar, nem todo mundo tem condições de pagar 100 reais só de ingresso (imagine somando com alimentação e transporte), se for levar o filho/namorada/neto/sobrinho ou qualquer outra pessoa então, fudeu.Ainda mais numa cidade em crise com pessoas que não recebem salário/aposento.Você tá maluco em querer aumento no preço dos ingressos, isso só afasta o torcedor.Ingresso a 10 reais sim.

Por isso que o futebol do RJ está em franca decadência e os paulistas (capitalistas) todo ano estão na Liberta e ganhando títulos de peso, ficando mais ricos e nós para trás. Ok, está certo, vamos cobrar 10 reais para lotar os estádios e o clube não lucrar, para dar circo pra quem não tem grana para alimentação e transporte. Isso se chama pensamento socialista. Prefiro 30 mil torcedores pagando 100, do que 60 mil pagando 10. Prefiro ver meu time ganhando títulos e competitivo do que perdendo em casa com um time fraco, mas o estádio lotado.

Tá ficando claro pra mim que além de você não entender de futebol também não entende de política.O que tem haver colocar o ingresso a partir do 10 reais com “dar circo para quem não tem alimentação e transporte”? Entenda, o camarada não vai vir com o ingresso a 100 reais, logo, o ingresso um menor custo e a forma de trazer aquele torcedor ao estádio.E de onde Paulistas são capitalistas e cariocas socialistas? O que tem haver essa comparação?Lembrando que o Corinthians tá quebrado e o Palmeiras estava até no dia que dois bilionarios (Nobre e a Leila) começaram a injetar dinheiro no clube.E preferir ver o Maracanã com 30 mil do que com 60 só prova que você não gosta de futebol.Além do mais, você fala como se a arrecadação fosse crucial para a receita total do Flamengo, quando na verdade não é, ou seja, o Flamengo pode montar times fortes sem depender de arrecadação de bilheteria, ou seja, da pra ter um time forte e estádio lotado.

Conte a quantidade títulos conquistados pelos paulistas e pelos cariocas nos últimos 20 anos e veja quem está bem na fita. Compare os resultados financeiros do times paulistas e cariocas, e compreenderá a diferença entre capitalistas, ricos e paupérrimos (RJ). Vc acredita que um estádio cheio fará com que o time ganhe? Se torcida ganhasse jogo não seríamos eliminados na 1a fase da liberta e nem passaríamos vexames na Copa do Brasil e eliminações. O Corinthians está falido por que acreditou no conto do PT de Lulla. Se não tivesse entrado nessa enrascada do estádio próprio estaria muito bem financeiramente.SP nem preciso dizer, mesmo sem ganhar nada nos últimos anos, não tá falido. Flu, Bota e Vasco devem juntos R$ 1,8 BI. Um diretor atual do Flamengo afirmou que 85% dos títulos da Europa foram conquistados pelos times mais ricos, isso que faz a diferença e não ter 60 mil fanáticos gritando e pagando 10 reais. Lugar de caridade é na igreja e não no estádio de futebol. Não acredito que vá lhe convencer, mas insisto com meu ponto de vista que clube rico que ganha títulos.

Até concordo que o povo gosta do populismo, mas com o uso do “comunismo ou socialismo” como sinônimo de populismo… Foi muito forte, até porque ambas são doutrinas econômicas e não forma de governo.

Socialismo no sentido do estado protetor, paternalista, provedor. O torcedor deseja que o Clube se sustente através de outras fontes mirabolantes e não dependa dela financeiramente, que os ricos paguem ST, mas os pobres tenham acesso ao estádio por R$ 10. O Clube tem que proteger e subsidiar os torcedores menos favorecidos, isso não é populismo, mas socialismo,tirar dos ricos para dar aos pobres.

Qta asneira em um único comentário! O fato de o clube receber a maior cota de tv disparado se deve em grande parte dessa “gente que não faz a parte dela” (?) se tem ótima receita com publicidade, também se deve a essa massa que não tem condições de pagar ingresso caro, mas tem condição de comprar alimentos da Kodilar, ter uma poupança na Caixa, ter um chip da TIM, fazer um financiamento estudantil para tentar fzr um curso na Universidade Brasil, tomar um Carabao ao invés de um Red Bull em uma balada eventual, curtir a página do clube e de todos os patrocinadores, lotar aeroportos para recepcionar os jogadores em tds os lugares do Brasil. Torcer pelo Flamengo já é fazer muito pelo clube, tdas as receitas do clube são derivadas em sua maioria de gente que nunca nem passou perto do Maracanã.

Asneira é sua resposta, suas coisas distintas, uma coisa é torcer para o Flamengo independente da classe social e outra é demagogicamente baixar o preço do ingresso, não se importando com as eventuais perdas que o Clube poderá ter, alegar que isso formará mais torcedores e promoverá um “ganho técnico” no desempenho do time, simplesmente não acredito nessa equação. Óbvio que sou favorável ao estádio cheio, pressão da torcida e preços justo do ingresso, mas SEMPRE focado na geração de lucro e não causem prejuízo ao Clube. Mas compreendo a sua dificuldade de ler um texto e compreende-lo, trata-se de problema nacional, muitos sofrem desse mal, interpretação de texto é uma dificuldade de quem não teve uma boa formação e não tem hábito da leitura. kkkk

Seu texto não deveria ser interpretado, apenas ignorado, mas eu como alguns outros colegas, desprovidos de capacidade intelectual que somos, não fomos capazes de decifrarmos as obviedades de seu comentário, oh ser magnânimo, príncipe mor da língua portuguesa, sábio senhor da interpretação de texto! Pena que não existe a função “desler” seu texto que é digno de aplausos dos imortais da ABL. Fui… não lerei sua tréplica, já fique claro.

Você terá um futuro brilhante pela frente, parabéns, continue agindo e racionando desse jeito. Sugiro a entrar pro PSOL, PT, REDE, PDT ou PC do B, lá encontrará colegas com este mesmo tipo de comportamento e pesamento financeiro!

Muita gente pensa que o vilão e o aluguel, mas o custo operacional e que se gasta mais, se não me engano o aluguel foi 260 e o restante é de custo operacional então é melhor o estadie cheio e pouco lucro.

O custo operacional varia… O aluguel não. Se o aluguel é o mesmo, que se encha o estádio

O time bem, necessitando da torcida lotando o maraca, e nego chorando Pq o lucro tá sendo baixo… Vão torcer pra banqueiros então, bilheteria é uma das menores receitas de um time, se lucrou “só” 186 mil no último jogo, conseguimos manter a liderança do time, mais vale 60 mil com ingresso medio a 25 reais, do que 20 mil a ingresso médio a 80 reais.

É uma das menores receitas, porque a torcida do clube não tem perfil pra gerar mais do que o que tem gerado, em São o Paulo, entre sócio torcedor e bilheteria, a torcida do Palmeiras fez o clube faturar mais de 120 milhões de reais no ano passado.

Esquece essa comparação idiota com a torcida do Palmeiras.O importante é ter o estádio lotado, a renda é uma consequência, e não o contrario.

Será que é Pq eles tem estádio proprio? Não pagam aluguel? Custo operacional é menor? Vou te fazer uma comparação simples, sabe Pq o estadio do Grêmio não enche na maioria dos jogos, enquanto o do Corinthians e Palmeiras estão sempre cheios? Oferta e demanda, o estadio do Grêmio é grande, logo cabe mais, os dos paulistas tem capacidade máxima para para 40 mil, logo, mais concorrência. outro fato que os diferencia de nós, Comprou ingresso para o jogo contra o Novorizontino? Ganha preferência contra o boca na libertadores. Faça um estádio pro Fla para 40 mil que eu dou minha casa caso não lote todos jogo.

Sem contar que a população de São Paulo é maior e com renda per capita também maior.

o fla tem que pegar o maracanâ logo e resolver este problema. Tá gastando muito pra jogar esporadicamente no maracanã. Tem que fechar um contrato logo. Já tomou prejuízo com a ilha. E lembrem-se, certamente, as entradas estavam caras para tentar recuperar um pouco do prejuízo da ilha. Investiu de mais naquele pequeno estádio e agora tomou prejuízo. É assim mesmo que funciona. O milionário quando quer reformar uma casa, praticamente constrói outra e gasta muito. Veja o o que o foguinho fez naquele mesmo estadio. Não gastou nada, e ainda colocou um tapete gigante em cima de um buraco gigante pro flamengo pisar e se dá mal. Aquilo ia até dar uma tragédia por causa daquele buraco. Não gastou nada por que não tinha dinheiro sobrando. Assim não tomou prejuízo. Portanto, o fla tem que abrir os olhos com investimentos equivocados. Contratou quase que um time inteiro nos ultimos tres anos. Porém, não foi nada agradável tendo retorno somente de alguns poucos. O mancuejo foi vendido por valor inferior ao contratado. Tem que ficar esperto. Tem que contratar pouco e com mais qualidade, e dispensar logo os malas.

o fla tá rendendo até pra quem o critica. Esse idiota vive difamando o fla e tá se fazendo na profissão às custas do mengão. Agora virou moda, se quiser aparecer é só falar mal do fla e criar uma polêmica. Mas, é bom esse ai abrir os olhos, que segundo consta nas redes o Juninho Pernambucano já dançou na globo.

Cara, ele é Flamenguista!E alem do mais, as criticas dele são normalmente construtivas.Muitas vezes não gostamos de ouvir nada contra, mas alguém precisa falar as coisas erradas.

“Show” de ROCK é caro e ninguém fala nada, pô, será que essa turma que acha caro o ingresso não podem entrar de Sócio Torcedor para se beneficiar com ingressos mais em conta?

Show de rock acontece 3 vezes na semana? O preço deveria ser através de demanda, quanto mas se tem, menos se cobra. somos um time de futebol, cacete, tá se preocupando com dinheiro vá torcer pro Itaú FC, bilheteria corresponde a 10% da receita, umas das menores receitas do clube. vc sabe que mais da metade da torcida do Flamengo está fora do rio? e com pouquíssimos beneficibe?

Não sei da vida de cada um para responder a sua pergunta, mas os fatos permanecem da seguinte forma: ninguém ia com o ingresso mais caro, inclusive causando prejuízo ao clube até mesmo na Ilha do Urubu, e após a redução do preço dos ingressos, o público aumentou muito. Seria coincidência?

Comentário banal da porra

Show de Rock? meu deus amigo… coloca um jogo do Flamengo a pelos menos 20 anos atras, só colocar no youtube que vc acha… ai presta atenção na geral e na torcida do Flamengo no estadio! ai vc vai entender…

Muito provavelmente não podem né, isso é simples.O Flamengo é time do povo, de massa, mas parece que querem mudar isso e se tornar um clube de poucos.

Agora tem Rock toda semana sim, no Engenhão, na Arena do Palmeiras, no Novo Maracanã e em várias outras Arenas e o cara paga caladinho só porque são estrangeiros os grupos de Rock e isso serve de status, quanto a 20 anos atráz o Maracanã era administrado pelo Estado e hoje é particular e o que se cobra para abrir o Estadio nem se compara, o fato é que a maioria da torcida do Flamengo aqui no Rio é formada por Favelados e Favela não gosta de pagar nada, querem entrar de graça, como fizeram na fianal da Sulamericana, quebrando assaltando e dando porrada, um monte de MULAMBOS e você que defende preço baixo, deve ser um desses favelados que sentam no BAR da Favela, assistem o jogo e não bebem e nem comen nada, torcida de fudidos, essa é a história, o Mauro Cezar falou que não se pode comparar Rio com São Paulo e nem Palmeiras e Corinthians com o Flamengo, lá em São Paulo os Favelados trabalham e enche os Estadios e só ver os Jogos do Gambá !!!

Em 8 de maio de 2018 18:26, Disqus escreveu:

Tinham que tentar um preço médio… Infelizmente hoje para muitos 100 reais para ver um jogo de futebol é caro! Se for de carro piora… gasolina… estacionamento… para muitos pedágio… se levar crianças… lanches… Ver jogo de futebol ficou caro!

Porra! esse Mauro Cesar tem que tomar conta da mulher em casa e esquecero EBM, pois o animal não consegue mas raciocinar, antes falava que oclube cobrava ingressos com valores acima das condições dos torcedoresRubro Negros, agora como o clube reduziu o valor o vilão não é mais o ingresso. Esse Senhor acha que o Presidente do Flamengo por ter o humilhado em seu canalde TV tem que ser ridicularizado em todas as suas matérias. Ah! MAURO CESAR isso já está ficando Ridículo.

Você claramente faltou às aulas de interpretação de texto, ele disse que “o vilão nos jogos do Fla não é o ingresso MAIS BARATO”, respondendo um monte de gente que está reclamando que o ingresso barato gerou pouco dinheiro ao Flamengo, não que “o vilão não é mais o ingresso”, como você disse. Em outras palavras, não é uma crítica ao Flamengo, e sim às pessoas que criticam o fato do Flamengo ter diminuído o preço dos ingressos.

“Senhor acha que o Presidente do Flamengo por ter o humilhado em seu canalde TV”

Não estou colocando a mão no fogo por ninguém, mas se você estiver falando do que eu estou pensando, não houve humilhação alguma, o presidente apenas começou a desviar o foco ao falar sobre o que não foi perguntado (política) e se alterou quando o jornalista pediu para que ele respondesse a pergunta em relação ao time, e não à política. Ao meu ver, isso foi vergonhoso para o presidente, como representante do clube, pois demonstrou falta de educação e de preparo emocional em público.

Acho que você não assistiu o vídeo. Que pena.Não entendeu nada e ainda comenta.

Bandeira é um elitista que excluiu a torcida por anos a fio.Esse senhor ao que pese pessoas falarem ao contrario é um péssimo administrador, pois afasta a principal fonte de renda que o torcedor e essa festa linda no Maracanã, que se tornou patrimônio cultural da Cidade do Rio de Janeiro.Não vejo a hora do Flamengo se livrar desse câncer, protetor de perebas, sujeito sem atitude, sem felling, 2019 será o renascimento do Flamengo, com esse imbecil bem distante.Para os que acham que o Flamengo vai ganhar algo, eu sinto jogar um balde de agua de agua fria, esse incompetente Bandeira vai manter o estagiário Barbieri, esse rapaz não tem minimas condições de dirigir o Flamengo, vai ser mais um Zé Ricardo da vida.

#fFORAEBM

Não estou defendendo o Bandeira, mas o Bap é muito mais elitista. Walim, idem. Todo a Chapa Azul original pensa assim.Por outro lado, uma Patrícia só fez lambanças. Márcio Braga, em sua última passagem, foi patético, abandonando o cargo com rabinho entre as pernas e nunca mais pensando em se eleger novamente.

Tipo, é uma discussão complicada, porém expulsar o EBM não resolveria os problemas do clube, dada as opções que comentei anteriormente. Se aparecer alguém que seja um meio termo, terá meio apoio. No momento estamos entre dois extremos, o que é ruim.

Verdade, essa política de preços caros é mais do BAP e Wallim do que do próprio EBM.

Isso foi lá atrás, o gestor competente muda a estrategia no meio do caminho, se errou ajusta.O que não dá é cometer os mesmos erros repetidamente sempre.Veja o caso Barbieri, vão esperar ser eliminado na libertadores e copa do Brasil para perceberem que esse rapaz não tem as minimas condições de dirigir o flamengo, um segundo zé Ricardo.Esse cara repete os mesmos erros sempre.

#FORAEBM

O cara vai insistir com esse barbieri até a gente quebrar a cara de novo.Esse EBM quer sempre colocar as ideias dela confrontando todo mundo para poder se gabar lá na frente.Só que ele não queima a lingua de ninguém, pois não passa de um imbecil que não entende nada de futebol, levando o time para o buraco.Esse cara tem que sair do circuito do futebol e ficar fazendo planilha, só isso.

#FORAEBM

Não bote o Márcio Braga nesse mesmo bolo…

Se o lucro for menor, mas jogando com estadio cheio e chegando as finais de campeonatos terá lucro com prêmios e tv!! Uma coisa ajuda a outra!!

A melhor solução para esse problema seria a administração do Maracanã passar a ser do Flamengo , retirando as cadeiras atrás dos gols , aumentando assim a capacidade com os ingressos mais baratos.

Essa discussão lembra o dilema de Hamlet:”ser ou não ser,eis a questão”.Ingresso barato ou mais caros??Acho que pode ser feito um ajuste nesse preço, levando a média do custo do ingresso para uns 35,00 a 40,00 reais.Assim,creio,ainda ficaria acessível para o torcedor.

É simples o Flamengo é o clube que mais arrecada com sócio torcedor, não precisa viver de arrecadação da renda, quem não gosta e Ferj que acaba arrecadando menos com a renda menor. O Flamengo precisa é da torcida!!!!

Tá desatualizado amigo. Flamengo perdeu 50 mil sócios.

Sim, o Flamengo chegou perto de 110 mil socios torcedores… Mas hj esta ali em torno de 60 mil… mas mesmo assim somos um dos q mais arrecadam sim, pois nosso valor medio é bem mais alto q os demais clubes, ja que nosso valor mais barato é 30 Reais, enquanto q na grande maioria é 15 Reais !

Em 2017, dentre os clube que divulgaram a receita com seus ST nos seus balanços, o Flamengo ficou em 2o lugar, Palmeiras faturou mais que nós. Dos times de maior expressão: Santos, Vasco, Fluminense, Inter, Coritiba, Sport e Bahia não divulgaram suas respectivas receitas de ST.

Esse é um assunto que já roda a mais de duas décadas, e o vilão é sempre o mesmo: Maracanã.

Falou o óbvio com viés populista, literalmente jogou pra torcida. Façamos uma conta SIMPLÓRIA (sei que alguns descontos são proporcionais a renda e não fixos), se disponibilizaram 55 mil ingressos, o lucro foi de R$ 183 mil e o ticket médio foi de R$ 25, a quantidade mínima para não ter prejuízo seria aproximadamente de 55000 – 183.000/25 = 47.700 mil. Ou seja, se praticamente lotássemos o estádio, com um belíssimo publico pagante de 45 mil torcedores e 50 mil presentes, muito provavelmente pagaríamos para jogar, na melhor das hipóteses seria 0 x 0 em termos financeiros. Imagine agora se esse jogo desse prejuízo? Qual o argumento dele? Aumentar o preço do ingresso? Jogar no Engenhão? Jogar em Cariacica? Sem dúvida que o desempenho do time é o fator preponderante de atração do público. Culpar o esvaziamento da Ilha devido apenas ao preço alto do ingresso não é sensato, o estádio se mostrou uma tremenda roubada (vários motivos). Lamento informar ao sr. Mauro Cezar e aos torcedores que não sabem fazer conta, mas devido aos valores elevados de aluguel dos estádios e custos operacionais altos, para lucrar, pagar suas contas, contratar e investir em infraestrutura (inclua nesse item formar jogadores na base), o Flamengo necessariamente terá de cobrar mais caro. O time vai oscilar, naturalmente vai perder alguns jogos, infelizmente não vamos conseguir lotar sempre o Maraca. Não existe almoço de graça. Muitos vão argumentar que o fator da torcida tem influência no resultado da partida (relativo, não faz milagre). Outros vão argumentar que se tivéssemos um estádio próprio ou sob nossa administração o lucro seria maior, provável, a depender de diversos fatores complexos, mas esta hipótese é de longo prazo, não vai ter solução no curto prazo. A realidade de hoje é buscar um aluguel e custos mais baixos ou um preço um pouco mais caro para gerar algum lucro, não tem mágica, simples assim. O resto é bravata e conversa fiada de palpiteiro,

Acho que o gasto é diferente também cara, tu não tá levando isso em consideração. É pra isso que existe setores, eles são abertos quando necessário, para evitar gastos.

Questão de matemática: preço x quantidade de ingressos = receita – despesas = lucro. Tem custos fixos e variáveis, pela dimensão do lucro desta partida (183 mil) com 55 mil ingressos vendidos, a flexibilidade de custos variáveis (proporcionais a quantidade ingressos vendidos e setores disponibilizados) me parece bem limitada, por isso que destaquei a palavra conta SIMPLÓRIA, uma aproximação, mas que não está bem distante da realidade, por isso estimei 45 mil, menor que 47,7 mil. Vamos comprovar a minha teoria nesta quinta, se não conseguir esgotar os ingressos, os preços dos ingressos serão os mesmos, vamos ver quando venderá e lucrará. TORÇO PARA QUE VENDA TUDO NOVAMENTE, SOU FLAMENGO E NÃO CONTRA!

Discussão inútil essa! Isso é um assunto que diz respeito a diretoria do clube.

Quem ganha pouco não tem que gastar seu dinheiro pra ir em estádio (já existe a gratuidade para isso!) tem é que gastar na prática de esportes, com boa alimentação, com atividades que lhe permitam ter melhor qualidade de vida!

O futebol é entretenimento mas é um negócio também, os jogadores, clubes e profissionais envolvidos querem ganhar cada vez mais e nenhum clube que não trate de maximizar as receitas terá condições de sustentar as ambições que sua torcida almeja!

E a nossa torcida é das mais exigentes..

Seria melhor que o Flamengo criasse um ‘preço básico’ para o ingresso mais barato, a cada temporada, e fizesse um rodízio entre todos seus torcedores pelo ‘direito ao ingresso mais barato’, a cada jogo, daqueles torcedores que desejarem ir ao estádio, previamente cadastrados, assim quem não fosse contemplado com esse ‘desconto’ teria outras faixas de preços mais caros para pagar!

Algo do assim daria condições de privilegiar os torcedores mais assíduos nos jogos do Mengão, como também garantiria que torcedores esporádicos tivessem condições de assistir a um jogo do Flamengo sem ter que pagar o ingresso mais caro sempre, aumentando as chances de a maioria dos jogos ter a lotação máxima.

muito bem, é isso mesmo.

Flamengo lucrou demais ano passado com bilheteria,né? Carioca então…

Sim teve recorde de receita de bilheteria ano passado, R$ 62 MM, segundo clube (*) que mais lucrou em bilheteria no Brasil. Esse ano com certeza está no vermelho neste quesito. (*) Corinthians e Grêmio não divulgaram suas receitas de bilheteria nos seus balanços.

Tá sabendo bem, uma leve pesquisa eu já descobrir que foi 55 milhões brutos, com certeza que desses 55 o Flamengo não ficou com 25.

Pesquisou errado, leia de novo o balanço 2017, nota explicativa 20, página 32. Faturou 62.276 em bilheteria e lucrou apenas 17.233 (28%). Se cobrar até o final do ano R$ 10, não vai lucrar nada este ano.

Depende do ponto de vista, a torcida sempre foi fundamental em todos os títulos do clube. Ganhar um Brasileiro já resolveria esse problema.

Quem ganha título é time e não torcida, se fosse torcida não seríamos eliminados das ultimas 4 Libertas na 1a fase, teríamos ganho a Sula e a Copa do Brasil ano passado, não se iluda com fantasia, os clubes mais ricos da Europa conquistaram 85% dois torneios disputados nos últimos anos.

É verdade, a Copa do Brasil foi o time que ganhou.

Eu concordo em parte, pois também não caio nessa balela esquerdista de que tem que abaixar os ingressos para “não excluir o pobre”, eu acho que o clube tem que cobrar o preço que enche o estádio, se você enche estádio com ingresso a 200 reais, que cobre 200. Porém, no caso do Flamengo, que está inserido no contexto do Rio, onde o poder aquisitivo é menor que em SP, é mais difícil encher estádio com ingresso caro, e de fato não enchia, dito isso, acho válida a redução de preço dos ingressos, até porque ter um estádio como o Maracanã sempre cheio é ótimo para a imagem nacional e internacional do clube, ainda mais no caso do Flamengo, que se orgulha de ter a maior torcida do Brasil, pois será que alguém de fora do Brasil assistindo a um jogo do Flamengo acreditaria nisso se o estádio estivesse sempre vazio?

Acho difícil a torcida do Flamengo lotar todo jogo, porque querendo ou não, caro ou barato, o ‘desejo’ do torcedor de ir a um jogo está mais ligado a expectativa de desempenho do time em campo do que do preço do ingresso.

Se o Flamengo estiver jogando bem, se o time estiver vencendo e convencendo em campo isso faz com que a torcida queira ver o jogos e até pague caro por isso!

Com um pouco de esforço e planejamento a diretoria do Flamengo consegue fazer lotar a maioria dos jogos do Flamengo onde quer que o Mengão for jogar, e isso ajuda nosso elenco a ganhar e manter a confiança em jogar pra nossa torcida.

Mas isso tudo não tem nada a ver com dar lucro na bilheteria de jogo.

A diretoria precisa ser inteligente e manter o interesse do torcedor em ir aos jogos, ao mermo tempo que controla as ‘crises extra campo’ e os problemas da comissão técnica, eles estão ali principalmente para isso, para lidar com os problemas do departamento de futebol!

Lotar estadios é tão importante quanto a lucratividade da bilheteria, pode-se perder em lucro em alguns jogos, pode-se jogar para multidões pagando pouco as vezes, só não pode transformar as dificuldades em regra e fazer tudo errado..

a flamendigo está com tudo, depois não reclamem quando não tiver contratações de peso, não se faz futebol sem dinheiro, a cada jogo o palmeiras coloca 3 milhoes de vantagem, se conseguirem facam os calculos aí.

Palmeiras só faz isso pra poder pagar a mãe crefisa. Se precisar passa o número da conta que a gente ajuda pagar uma parcela do empréstimo. SRN

Palmeiras ano passado foi o clube que teve maior receita operacional do Brasil (sem venda de jogadores), faturou apenas 30 MM a mais que nós de patrocínio. Teve maior arrecadação de bilheteria e renda de ST do Brasil. Perde da gente na cotas de TV. Eles fizeram bem seu dever de casa!!! Cobram BEM caro seus ingressos, e a torcida deles vai, paga e lota a Arena, mesmo sem ter ganho NADA ano passado e este ano, nem uma final disputou ano passado! Nossa torcida modinha só quer saber de reclamar, despencou os ST e dar porrada no time!!!

Vc sabe quanto a Crefisa depositou no time só em patrocínio?mais de 70 milhoes, sabe qual é nosso maior patrocínio? 35 milhões, jogamos o campeonato na ilha do urubo, quase idêntica a arena Palmeiras, hein? E lá tivemos média de 12 mil com ingresso mínimo a 60 reais. Procurar informações é tão difícil?

Vc leu os balanços?? Óbvio que não, nosso patrocínio ano passado somou 100 MM e o do Palmeiras 130 MM, quem é desinformado??? A diferença que a torcida do Palmeiras apoiou o time mesmo sem ganhar NADA, enquanto a nossa abandonou e ainda causou prejuízo!

E onde eu disse que não ganhamos isso? O MAIOR VALOR FOI 35, NÃO O ÚNICO. Foram vice do brasileiro, um bom motivo não acha? A torcida não apoiou o time? Quem pagou uma fortuna pro jogo de ida da final da CdB?Quem lotou nos jogos contra o Barranquilla? Independiente? Fluminense? Botafogo? Não pagando menos que 180 no mais barato, vá torcer pro Palmeiras então, baba ovo.

O que quis dizer e você não entendeu que apesar de não ter disputado nada de relevante a torcida do Palmeiras compareceu aos estádio, pagou ingressos caros e fez com que o time faturasse alto em bilheteria (1o do Brasil). Sinceramente ficar feliz com vice campeonato é coisa de vascaíno kkkk. Ano passado tivemos muitos jogos deficitários, nesse sentido que disse que a torcida não apoiou, abandonou o clube, deixou jogos da ilha e outros estádios sem torcedores. Tem que apoiar sempre e não apenas nos jogos decisivos. Fácil falar que lotou e pagou ingresso caro nos jogos decisivos, estranho se não comparecesse a estes jogos.Por sinal eu fui a todos estes jogos citados e também contra o Cruzeiro, menos a final do carioca que estava viajando. SRN

Pagar 180 em um ingresso pra final? Ok, mas e pagar 150 pros não sócios pra jogar contra o Avaí da vida? Tá reclamando?ingresso não se come. realidades e vidas diferentes entre São Paulo e Rio de janeiro, principalmente nesses últimos anos. construa com teu dinheiro um estádio pro Flamengo, padrão arena Palmeiras, que eu te garanto que estará lotado toda vez, sabe Pq? Pq oque mais queremos é um estádio como os do Palmeiras tbm sempre quis, Já foi na ilha do urubu? Aquilo foi feito pra comportar time pequeno, a localização é horrível. agr pare de se prender somente em 2017, vá em 2016 onde Cariacica foi nossa casa, jogos deficitários, houve? Querer falar só olhando pro teu prato cheio é moleza amigo, Passamos vergonha em tudo ano passado e se a média foi de 19 mil, se sinta feliz que saíram de casa para ver o time perder um título dentro de casa.

Quem está me replicando não entendeu meu raciocínio, óbvio que não sou contra pobre, nem quero o estádio vazio, não penso apenas com meu umbigo, o que defendo são jogos lucrativos, preços de ingressos flexíveis caso a caso, mas SEMPRE visando o lucro, não faz sentido de SOBREVIVÊNCIA no topo dos clubes mais competitivos um clube sem dinheiro, essa é atual realidade do futebol mundial, que deixou de ser circo e virou negócio. Há duas possibilidades, embarcar nessa tendência ou ficar para trás. Os estádios diminuíram de tamanho, estão mais sofisticados, oferecem mais conforto e serviços, caso contrário “o consumidor” não vai, essas facilidades custam recursos. Óbvio que concordo contigo que pagar 150 contos pra ver Fla e Avaí na Ilha é uma estupidez. Nunca fui na Ilha, sempre achei um projeto fadado a dar errado. Sou ferrenhamente contra a demagogia, discursos hipócritas de baratear sem pensar nas consequências, não importa o eventual prejuízo depois “a gente resolve”, ter de vender jogador ou adiar contratações necessárias, prejudicar tecnicamente o time e depois estes mesmos torcedores e comentaristas atacam jogadores e diretoria!

Mas cara, entenda que o Flamengo hj não depende de bilheteria, não sei se viu o vídeo, mas o próprio Mauro deu números, sabe quantos sócios foram ao jogo? 19 mil, isso com ingresso a 10 reais, imagina se o ingresso custasse os preços do ano passado? Não teria nem 25 mil no estádio. Esses estádios de copa não chamam o torcedor, ao contrário, eles afastam, simplesmente pelo fato de terem sido construídos pra uma competição onde renderia lucro, mas e depois da copa o mundo? Pergunte a qualquer um, qual estadio gostaria de volta, o velho ou o New. Todos sem exceção dos estádios de copa, hj dão prejuízo, e eu te garanto que mesmo que os ingressos fossem mais caros, o lucro seria no máximo, um pouco superior, pois esses estádios gourmet não foram pensados na realidade brasileira. Até concordo que 10 reais é muito barato, mas essa diretoria apenas está chamando novamente os torcedores que sumiram com os preços abusivos do ano passado.

Vinícius, não estou restrito a este jogo em particular, fica limitado e simplório tecer teorias baseado num único jogo, questiono se devemos manter a politica de preço baixo e lucro irrisório, tem de se achar um meio termo. A receita de bilheteria foi a 3a maior receita do Flamengo no ano passado, recorde imagino (?), atrás apenas da TV e Patrocínio, sem considerar a venda de VJ (ponto fora da curva). Seria negligência e irresponsabilidade dos gestores pensar que o Flamengo não depende de bilheteria. Ainda devemos 334 MM, ainda temos empréstimos bancários pagando juros altos (veja balanço), nossa folha salarial é alta, os custos operacionais também, ainda há possibilidade real da dívida aumentar por conta de contingências não contabilizadas (vide balanço). Os dois últimos anos geramos superávits milionários devido a fatores esporádicos (luvas da TV em 2016 e venda de VJ em 2017), infelizmente isso não ocorrerá sempre. Leia o orçamento deste ano e veja que os resultados previstos serão bem mais modestos. Repito e insisto, se você deseja que o Flamengo ganhe títulos com frequência, contrate jogadores de peso, tenha uma estrutura TOP (sede, arenas, piscinas, CT e estádio), forme muitas jóias na base, precisa de dinheiro, muito dinheiro, absolutamente nada pode ser desprezado.

Mesmo sem o dinheiro da venda do Vinícius Júnior, nosso superávit seria imenso (mais de 430 milhões). a situação da dívida nao está nem perto de ser um absurdo ou preocupar, em 2016 o bandeira disse que quando a dívida chegasse a 300 milhões não seria um problema pois ela estaria equacionada, pra se ter noção, até estádio já está se cogitando construir. A receita no ano passado em relação a bilheteria foi muitíssimo abaixo comparado ao previsto, se não me engano estava previsto 60 milhões e não chegou a 35 milhões. Como eu disse, o preço obviamente não será esse até o final da temporada, mas eles tem o dever de chamar o torcedor depois de expulsa-lo indiretamente. contratação, estrutura boa e tudo mais, vem bem mais através do ST e nesse quisito realmente a torcida está devendo e muito.

“Na realidade tem que balancear, atender o torcedor com preços mais acessíveis sem ferir a responsabilidade financeira. Se comparar com as outras receitas, a bilheteria não é tão expressiva, mas também não é desprezível. Sempre que pudermos vamos baratear para atender a torcida” -, concluiu o presidente.

Como eu disse, a bilheteria é uma pequena porcentagem, nao que devemos descartar a receita, mas não dependemos dela pra muita coisa.

O Palmeiras faz isso porque tem uma torcida que tem força econômica e uma arena moderna e bem localizada, nenhum clube de qualquer outro estado do país, tem condição de fazer igual, essa é a verdade

Veja o vídeo, se conseguir.

Você falando assim, até parece que o Flamengo não estava tendo prejuízo em todos os jogos. Pesquisa aí qual foi o prejuízo do Flamengo no carioca, pesquisa também o lucro que Flamengo teve no brasileiro do ano passado.

E mesmo assim precisam de Crefisa pra comprar jogadores? Vc é burro ou só está se fazendo? Ganham isso pois não pagam aluguel e custo operacional e manutenção são bem menores do que em um estádio para 78 mil pessoas. 10%, sabe oque é isso? É oque equivale a bilheteria nos ganhos, Contratação de alto peso vem através de ST, em 2015/16 fomos quem mais lucramos com isso, deu de entender?

Para o time é melhor estádio lotado!!! lotado é mais pressão na arbitragem, dificilmente o arbitro irá errar contra com estádio lotado, a torcida empurra o time ao ataque, lotado estimula e empolga o jogador, vazio não vencemos uma na Liberta!!! mesmo q perca dinheiro é melhor jogar todos os jogos com o Maraca lotado até o título, SRN

Flamengo não depende de bilheteria, então o que importa é estádio cheio e contanto que não tenhamos prejuizo, pode lucrar pouco que não terá problema.

Se não contar com a grana da bilheteria vai com o passar dos anos ficar pra trás, o Corinthians por causa do modelo de negócio do estádio, teve que abrir mão da bilheteria e o clube está quase quebrando e foi engolido financeiramente pelo Palmeiras, que consegue com bilheteria o que nenhum clube brasileiro jamais conseguiu.

Estão falidos por conta da bilheteria? Putz, sempre pensei que oque tinha haver era a dívida de quase 2 bilhões só pelo estádio, fui enganado…

O estádio mal começou a pagar e a origem do dinheiro pro pagamento é a bilheteria. A má situação financeira do corinthians se deve a dois motivos, a má gestão do clube e a diminuição de receitas (a falta de bilheteria é uma das causas)

Quais foram as receitas que diminuíram? Premiação? Não, Venda de jogadores? Não, oque ferrou o time exclusivamente foi o estadio que está diretamente ligado a bilheteria.

O IMPORTANTE E ESTÁDIO CHEIO

Pra quem não viu, o Seleção Sportv de ontem fez questão de mostrar que o flamengo arrecadou pouco no jogo contra o internacional em comparação á outros clubes de São Paulo e em jogos do mengão ano passado.Eles foram tão ordinários que deram a entender que em jogos em que o Flamengo não lotou por ter ingresso mais caro, foi mais vantajoso do que lotar o Maracanã com ingresso mais barato.

De um ponto de vista econômico imediatista, sim, foi melhor. A questão é: Qual a finalidade de um clube de futebol? Qual sua prioridade? Lucro ou título? É melhor abrir mão de um adicional que ajude o time para maximizar lucro? O problema é que não tem como colocar isso na planilha dos camaradas que só veem números

Blz, mas outra questao é: sem dinheiro, sem investimento, algum clube consegue ganhar algum titulo e se manter no topo por muito tempo? Vc esta sendo muito romantico! Futebol é investimento! Quem tem vai ter os melhores times e os melhores titulos, quem nao tem se phode, é segundo e terceiro escalao! E O resto é conversa fiada para boi dormir! SRN

Obrigado por elevar meu comentário a uma conversa fiada. SRN.

Não é o seu comentario, é essa visao distorcida que vc e muitos tem! O time de futebol é uma emprensa e produto dela sáo titulos que alimentam uma torcida! Tem clubes, como o Flamengo que o orçamento é maior que cidades meu velho! Compreende isso? Nao tem como dissociar o esportivo e o administrativo em se tratando de um clube grande! Sem dinheiro nada aconteceno futebol! Entendo tambem q nao pode ser escroto, irresponsavel, praticar preços malucos, visar apenas o financeiro e esquecer o desenpenho em campo e tudo mais! Mas o momento é de transição e todo momento de transição tem luta e sofrimento! Enfim o clube tem q se estabelecer financeiramente para poder ganhar titulos todos os anos e nao de 30/30 anos que é a “media” de libertadores ganhas e 17/17 anos a “media” recente de brasileiros ganhos! SRN

Isso que dá querer tratar um clube de futebol como uma empresa ou igreja evangélica. Enche a burrinha dos empresários e cartolas com dinheiro da torcida, em contrapartida nada de títulos.Talvez, com a queda brusca de público e ST abriram os olhos de que sem a torcida acompanhando o time o Flamengo rapidamente deixaria de ser o Maior time do Brasil e passaria a ocupar lugares de coadjuvante igual a alguns time que outrora foram grandes, como o Vasco, Botafogo, Palmeiras e São Paulo.

Palmeiras ano passado foi o clube que teve maior receita operacional do Brasil (sem venda de jogadores). Teve maior arrecadação de bilheteria e renda de ST do Brasil Cobram BEM caro seus ingressos, e a torcida deles vai, paga e lota a Arena, mesmo sem ter ganho NADA ano passado e este ano, nem uma final disputou ano passado! Nossa torcida modinha só quer saber de reclamar, despencou os ST e dar porrada no time!!!

São Paulo e Rio vivem duas situações distintas financeiramente.Veja que no Rio, tirando o flamengo, nenhum clube consegue lotar seus jogos. O Flamengo tem que achar sua maneira de lotar o estádio e ter lucro com isso. Superficialmente falando, parece que eles vão adotar diferentes politicas de preço para situações oportunas, com base na importância da partida.

Os outros clubes cariocas não lotam os estádios porque seu times são medíocres, são fracos por que não tem dinheiro, os três multi rebaixados juntos devem R$ 1,8 BI. Por anos times do NE colocam mais torcida nos estádios que muito times do Sul, isso faz com que tenham times mais competitivos e fortes, aumentem seus torcedores????? Ceará, Santa Cruz, Bahia, etc.. e dai??? Nestes estados a maior torcida é do Flamengo. O que a torcida deseja: um time forte competitivo, títulos, estrutura, estádio próprio ou assistir ao time mediano com ingressos a R$ 10? Não é uma solução simples, não adianta ser populista e irresponsável de baixar o ingresso e ter prejuízo, sim é preciso flexibilidade, precificar cada jogo, mas a lucratividade deve ser sempre a meta, se não, ficaremos para trás dos paulistas, inevitavelmente como estamos ficando nos últimos anos de derrocada do futebol carioca.

Comentários não são permitidos.

No futebol medíocre que se pratica no Brasil, Renato pode funcionar no Flamengo, projeta Mauro Cezar

Na visão do jornalista, contratação de Renato Gaúcho para técnico do Flamengo após demissão de Rogério Ceni é ‘difícil de dar certo’ e precisaria seguir ‘moldes do Grêmio’

No futebol medíocre que se pratica no Brasil, Renato pode funcionar no Flamengo, projeta Mauro Cezar

Na visão do jornalista, contratação de Renato Gaúcho para técnico do Flamengo após demissão de Rogério Ceni é ‘difícil de dar certo’ e precisaria seguir ‘moldes do Grêmio’

Mauro Cezar Pereira acredita que Renato Gaúcho só tem um modo de dar certo no Flamengo (Reprodução / ESPN)

O Flamengo demitiu o treinador Rogério Ceni, campeão do Brasileirão 2020, neste sábado. Após áudio vazado e sequência negativa, Ceni deixa o clube e abre o período de especulações dos torcedores para saber quem será o novo treinador do Flamengo. Com Renato Gaúcho na mira, o jornalista Mauro Cezar usou seu perfil em rede social para opinar sobre um possível acordo com o ex-Grêmio.+ TABELA: Confira a classificação do Brasileiro e saiba os próximos jogos

+ Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS- Se Renato Gaúcho acertar com o Flamengo, apesar dos últimos dois anos bem abaixo no Grêmio, pode dar certo? Seria difícil, mas em tese poderia funcionar. Como? Qual o caminho? (…) Se ele não mexer profundamente na estrutura, repetindo a conduta adotada há quase cinco anos, quando voltou ao Rio Grande do Sul, estará no caminho mais seguro, adequado, sem ferir as características do elenco – comentou ele no Twitter.Querido por alguns e odiado por outros, o nome de Portaluppi é um dos mais comentados na rede social. Mauro Cezar acredita que a melhor solução para Renato seja manter a fórmula que acabou trazendo o sucesso de cinco temporadas dele no Grêmio: apostar no sucesso do antecessor, como no Tricolor foi com Roger Machado, e ajustar possíveis dificuldades.- Assim, nesse futebol medíocre que se pratica no país, pode até funcionar. E há outra semelhança: como o Grêmio de Roger, o Flamengo de Rogério Ceni é/era time que controla o jogo pela posse de bola. A ver. Mas antes Renato e Flamengo precisam se acertar – digitou ele. Além de Renato, o Flamengo trabalha com uma solução nacional como “Plano B”. Renato Portaluppi foi multicampeão no Grêmio nos últimos cinco anos no clube. Pela equipe gaúcha, o treinador conquistou a Copa do Brasil de 2016, Libertadores da América de 2017, Recopa Sul-Americana de 2018, além dos estaduais de 2018, 2019 e 2020. Como jogador do Flamengo, venceu o Brasileirão de 1987 e a Copa do Brasil de 1990.

Mauro: Após construir grande vantagem, Renato pode poupar Fla sem críticas

A máquina de golear do Flamengo fez mais uma vítima ontem (29), quando massacro

Mauro: Após construir grande vantagem, Renato pode poupar Fla sem críticas

A máquina de golear do Flamengo fez mais uma vítima ontem (29), quando massacrou o ABC por 6 a 0 e praticamente garantiu a classificação às quartas de final da Copa do Brasil. Agora, o Rubro-Negro retoma as atenções para o Campeonato Brasileiro, visto que enfrenta o Corinthians, domingo (1º), na Neo Química Arena, às 16h (de Brasília).

No podcast Posse de Bola #147, o jornalista Mauro Cezar Pereira recordou que o time carioca terá três compromissos antes das quartas de final da Copa Libertadores — dois pelo Brasileirão e o jogo de volta contra o time potiguar — e, portanto, o técnico Renato Gaúcho deve poupar alguns titulares em virtude do jogo de ida com o Olimpia-PAR, em 11 de agosto,

“[O Renato] Pode colocar, sem ser criticado, um time totalmente reserva na semana que vem e até ele não viajar [para Natal], ficar treinando o time [titular] no Rio de Janeiro, mandar o Maurício de Souza [auxiliar] lá com o time reserva porque este jogo ficou protocolar”, analisou.

“O Flamengo agora joga com o Corinthians e depois tem o Internacional [em 8 de agosto, no Maracanã] no outro final de semana, depois vai voltar a Libertadores. Poupar contra o ABC, com 6 a 0 de frente, não é nem o recomendável, é o óbvio, porque tem que pensar nesta sequência de dois jogos. O Flamengo tem que buscar a vitória contra o Corinthians, depois contra o Internacional no Rio e na sequência no Paraguai. E para isso, fará sentido poupar jogadores, mas ele conquistou, entre aspas, o direito de fazer isso”, acrescentou.

Apesar do momento confortável de Renato Gaúcho, uma vez que tem à disposição praticamente todo o elenco, o comentarista do UOL Esporte alertou que o treinador sofrerá, em breve, o mesmo problema que o seu antecessor Rogério Ceni enfrentou recentemente, quando perdeu importantes peças para seleções da América do Sul para a disputa das Eliminatórias e da Copa América.

“O Renato precisa começar a pensar naquilo que o Ceni enfrentou, que é ficar, não um mês, mas cerca de 12/13 dias sem jogadores certamente, porque em setembro tem data Fifa. Serão três jogos, porque tem um jogo atrasado do ano passado, de março. Depois, em outubro, mais três jogos”, recordou. “Aí que vem a fase difícil, mais complicada, porque você perde muitos jogadores, são desfalques pesados, especialmente se estiver ainda nas três competições”, finalizou.

Entre os jogadores do Flamengo constantemente convocados para seleções da América do Sul para a disputa das Eliminatórias à Copa de 2022 estão o uruguaio Arrascaeta, o chileno Isla, o paraguaio Piris da Motta e os brasileiros Everton Ribeiro, Gabigol e Rodrigo Caio.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter).A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts. Você pode ouvir, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e Youtube –neste último, também em vídeo. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Referência:
mundorubronegro.com
colunadofla.com
www.lance.com.br
www.uol.com.br

Botão Voltar ao Topo