Notícias

ACADEMY: Você está preparado para ser um profissional do futuro?

Qual a importância do autoconhecimento na escolha profissional?

Quem não se conhece, não consegue tomar boas decisões na vida. Você concorda com isso? Descubra o poder do autoconhecimento!

Qual a importância do autoconhecimento na escolha profissional?

Na hora de tomar uma decisão importante, como a escolha da profissão, você analisa vários fatores relevantes para a sua vida, não é mesmo? O mercado de trabalho, as perspectivas da área, o salário médio daquele profissional e até mesmo a grade do curso devem estar na ponta da língua para comparar suas opções e acertar na mosca.

Mas hoje queremos perguntar: o quanto de autoconhecimento você coloca nas suas decisões? Aliás, você se conhece bem? Não estamos falando (apenas) daquelas coisas mais simples, como saber que você gosta de mergulhar a batata frita no milk shake, quais séries entram no seu Top 5 de todos os tempos ou o que prefere fazer quando está na bad.

Conhecer a si mesmo é um processo que pode durar a vida inteira, mas investir no autoconhecimento pode ajudar muito na escolha da profissão que é a sua cara. Quer aprender a descobrir os segredos escondidos dentro de você e usar esse conhecimento para tomar boas decisões na vida acadêmica e profissional? Então se liga nas nossas dicas!

Sim, nós sabemos que você está numa fase difícil e cheia de correria: escola, trabalho, Enem, vestibular, passeios com os amigos, paquera com o crush e, além de tudo, ainda é hora de tomar uma das decisões mais difíceis da sua vida. Colocar mais uma tarefa no meio disso tudo pode até desanimar um pouco, mas garantimos que esse esforço vai valer a pena!

Reservar algum tempo pra se analisar, pensar nas coisas realmente importantes pra você e descobrir quais são suas qualidades, defeitos, habilidades, sonhos e expectativas para o futuro é um passo importante em direção à vida adulta. E isso tem tudo a ver com a sua escolha profissional, não é mesmo?

Afinal, se existisse uma profissão perfeita, todo mundo faria exatamente a mesma coisa. O que faz do mundo um lugar incrível, cheio de diversidade e beleza, é justamente que cada pessoa tem uma personalidade única, e cada escolha é individual. É por isso que você e seu melhor amigo, que são tão parecidos em tantos aspectos, podem ter estilos, profissões e carreiras tão diferentes!

Mesmo que você se sinta inseguro ou apreensivo com relação ao futuro, pode acreditar: existe, sim, uma profissão perfeita pra você, que vai aliar realização profissional, satisfação pessoal e recompensa financeira. Mas, para encontrá-la, você precisa se conhecer!

[ROCK] [EBOOK] Desenvolvimento pessoal - O manual para melhorar todos os dias

O autoconhecimento não serve só pra escolher o curso ou a faculdade ideal, sabia? Descobrir suas principais características, seus princípios e valores pode ser importante na vida pessoal, no relacionamento com a família e os amigos, no controle das suas emoções e até na sua vida amorosa (oi, @, me nota!).

Afinal, se você tem consciência dos seus desejos e suas preferências, consegue tomar boas decisões em qualquer área, não é mesmo? Então, pronto pra mergulhar em si mesmo nessa jornada de autoconhecimento?

A primeira coisa que você precisa saber é que a autoanálise que leva ao autoconhecimento deve ser uma prática constante na sua vida. Afinal, mudamos o tempo todo, não é mesmo? Com o passar dos anos, começamos a pensar de maneira diferente porque enxergamos o mundo de outra forma. Isso é natural e pode ser muito positivo!

Faz parte do nosso crescimento abandonar ideias que tínhamos na infância e no começo da adolescência, e permanecemos em evolução durante toda nossa vida. Por isso, de tempos em tempos, vale a pena parar um pouco e pensar sobre isso.

Então, se você sente que chegou a hora de se conhecer de verdade, temos algumas sugestões que podem ajudar em sua busca por seu verdadeiro eu. Essas dicas são apenas o começo, combinado? Não tenha medo de ir além e descobrir cada vez mais sobre a pessoa mais importante da sua vida: você mesmo! Dê uma olhada em algumas coisas que você pode fazer:

E ai, preparado para descobrir quem é você? Mesmo que seja um pouco desconfortável no começo, não desista. O autoconhecimento é um processo que vale a pena!

Sabemos que você está pensando nisso agora, e a resposta é: tudo! A profissão perfeita para você é aquela que preenche todas as suas expectativas, o que vai muito além de um salário bom, não é mesmo? Claro que todo mundo quer pagar os boletos em dia e ter uma sobrinha no fim do mês, mas não dá pra se realizar profissionalmente sem levar em consideração a própria personalidade, as habilidades natas, as competências adquiridas, as qualidades cultivadas, ou seja, o que faz de você uma pessoa única.

É por isso que se conhecer de verdade é tão importante na hora de escolher o curso na faculdade, de procurar o primeiro estágio ou emprego e até para traçar os rumos da sua carreira. 

Uma boa maneira de usar o autoconhecimento voltado para a escolha profissional é pensar nas coisas que trariam satisfação a você. Faça as seguintes perguntas para si mesmo.

[ROCK] [EBOOK] Tudo que você precisa saber antes de entrar na faculdade

E não desanime se as respostas não aparecerem logo de cara! É normal sentir insegurança ao tomar uma decisão importante, e o caminho do autoconhecimento não traz soluções imediatas, mas com certeza é um recurso valioso na sua jornada!

E aí, está preparado para começar seu processo de autoconhecimento? Gostou das nossas dicas? Então compartilhe nosso post nas suas redes sociais e marque seus amigos que também precisam de uma forcinha para escolher o curso perfeito!

Você está preparando seus alunos para as profissões do futuro?

É preciso investir em novas metodologias de ensino para garantir que esses estudantes estejam preparados para as profissões do futuro.

Você está preparando seus alunos para as profissões do futuro?

O mercado de trabalho é um dos setores da sociedade que mais são influenciados com as constantes mudanças sociais, culturais e também com o desenvolvimento tecnológico. Todas essas transformações, que são naturais para o progresso de qualquer sociedade, resultam em um fenômeno intrigante: o desaparecimento de alguns cargos e o surgimento das profissões do futuro

De acordo com uma pesquisa encomendada pelo governo britânico, boa parte das profissões que estarão em destaque em 2030 não existem hoje em dia. Ou seja: os jovens de hoje irão trabalhar em profissões desconhecidas atualmente.

Um cenário como esse impõe que o desenvolvimento de habilidades como criatividade, inteligência emocional, flexibilidade e capacidade de aprendizado sejam ainda mais valorizadas. 

Nesse contexto, os profissionais da educação, as escolas e o sistema educacional têm um papel fundamental para o desempenho dos jovens de hoje como cidadãos e como profissionais no futuro.

Mas, afinal: qual o papel das escolas nesse contexto? De que forma as escolas pode contribuir com a preparação desses jovens para um mercado de trabalho em constante evolução? 

Se você ficou interessado no assunto, continue acompanhando a leitura deste artigo e saiba mais sobre:

É claro que o papel da escola não se limita simplesmente em preparar os alunos para o mercado de trabalho e para as profissões do futuro. Apesar disso, não é possível negar que uma boa experiência escolar é fundamental para formar bons profissionais.

Por esse motivo, é preciso investir em novas metodologias de ensino, para garantir que esses estudantes estejam preparados para entrar em um mercado de trabalho onde a tecnologia e a robótica terão um papel onipresente. 

Os professores, diretores e coordenadores pedagógicos das escolas devem entender que, hoje em dia, a sociedade é moldada por uma cultura digital, que é caracterizada pela rapidez, pela interconexão, pelo autodesenvolvimento e pelo dinamismo na aquisição e na produção de conhecimento.

O aluno digital exige, mesmo que indiretamente, que as novas tecnologias façam parte das rotinas de estudo. Dessa forma, é preciso pensar que os computadores, os celulares e todas as facilidades que a tecnologia pode proporcionar representam novas ferramentas de trabalho e aprendizagem. 

O uso da tecnologia na educação deve ser pensando para colocar o aluno no centro desse aprendizado. No campo tecnológico, a robótica é um dos temas que mais despertam interesse, especialmente entre os jovens. De modo geral, a robótica estuda o desenvolvimento de tecnologias presentes em computadores, softwares e robôs. No campo educacional, possibilita a interação multidisciplinar de matérias como física e matemática, por exemplo.

Pensando de forma prática, algumas metodologias de ensino como a Aprendizagem Ativa e o Problem-Based Learning podem – e devem – ser utilizadas para facilitar a introdução da tecnologia nas escolas e, consequentemente, preparar os estudantes para as profissões do futuro.

A aprendizagem ativa  é uma metodologia pedagógica que pode ser utilizada nas escolas durante essa preparação do estudante para um futuro profissional em um contexto tecnológico.

Nessa metodologia, o aluno é colocado no centro do processo de ensino-aprendizagem, que é inserido de forma ativa, com base em descobertas, investigações e resoluções de problemas. 

Além disso, outra metodologia de ensino importante para esse novo cenário educacional é a aprendizagem baseada em problema, ou problem-based learning. Nesse sistema, a proatividade do aluno é estimulada com base na solução de um problema ou hipótese.

Além de apostar em novos sistemas de ensino e metodologias pedagógicas, a preparação dos alunos para as profissões do futuro passa por três importantes pilares: a estimulação da criatividade, o incentivo ao empreendedorismo e o desenvolvimento das habilidades dos estudantes. 

No mercado de trabalho atual, já é tendência que os recrutadores procurem profissionais qualificados e criativos. Essa última habilidade, no entanto, não é desenvolvida de uma hora para outra. É preciso que seja incentivada desde a infância, passando pelo período escolar.

Uma boa forma de inserir essa formação no ambiente educacional é o desenvolvimento de projetos escolares. Dessa forma, é possível trabalhar nos alunos a capacidade de articular informações de forma criativa e inovadora, afinal: estudantes criativos se tornam profissionais criativos!

O empreendedorismo é outra tendência muito em alta atualmente. E, pelo que se nota, não deve deixar o mercado profissional tão cedo. As habilidades de implementar novos negócios ou realizar mudanças em empresas já existentes também podem ser desenvolvidas durante a vida acadêmica.

As escolas devem incentivar os alunos a conhecerem melhor como funciona o mercado de trabalho, com base em estudos de caso e na criação de empresas fictícias, por exemplo.

Essas atividades podem auxiliá-los na compreensão das demandas e das necessidades do mercado de trabalho, além de possibilitar a resolução de problemas e hipóteses fictícios. 

É muito comum que os sistemas de ensino sejam padronizados: todos os estudantes são tratados da mesma forma, aprendem os mesmos conteúdos e desenvolvem as mesmas habilidades e conhecimentos.

Apesar de garantir certa igualdade entre todos, metodologias como essa acabam deixando de lado as habilidades específicas que cada estudante apresenta. Essa situação pode acabar gerando frustrações entre os alunos, que não se sentem valorizados.

Por essa razão, é essencial que os educadores abordem formas distintas de ensino-aprendizagem. Desse modo, é possível garantir que as diferentes habilidades e inteligências dos estudantes sejam estimuladas e desenvolvidas por igual. 

Em resumo, é possível dizer que preparar os alunos de hoje para as profissões do futuro tem a ver com o desenvolvimento de habilidades que vão muito além da capacidade de efetuar contas, interpretar textos e entender como funciona o corpo humano.

Um futuro onde a tecnologia dá o tom das relações pessoais e profissionais já é uma realidade e, por esse motivo, todos os setores da sociedade, especialmente as escolas, devem contribuir para que os jovens de hoje sejam excelentes profissionais.

Conheça as profissões em alta em 2021 e pós

Saiba agora quais são as profissões em alta em 2021 e que continuam crescendo durante e após a pandemia.

Conheça as profissões em alta em 2021 e pós

O ano de 2020 foi marcado profundamente pela pandemia da Covid-19. 

O mercado de trabalho foi um dos grandes afetados durante a crise que passamos, mas isso não necessariamente significa algo negativo. Há inúmeras oportunidades surgindo em meio à crise, principalmente em áreas como tecnologia, saúde e finanças. Muitas empresas têm se repaginado e aberto ainda mais portas. Há também um grande avanço do ensino a distância e dos cursos profissionalizantes disponibilizados na internet para você aperfeiçoar ainda mais suas habilidades.

Um novo ano chegou. Continuamos com os cuidados da pandemia, porém, com a esperança de melhoras com a chegada da vacina. 

Neste texto, vamos ajudar você a enxergar um cenário positivo mesmo em tempos difíceis, com profissões que estão em alta no ano de 2021 e que devem oferecer ainda mais vagas para os próximos anos. Há um ditado que diz que é em meio ao caos que grandes ideias surgem, por isso é tempo de arregaçar as mangas e analisar as boas oportunidades que têm surgido neste ano. Vamos nessa?

mulher-vestindo-mascara-cirurgica-e-trabalhando-em-casa_23-2148480486

O que esperar das profissões em alta no pós-pandemia?

Home office, videoconferências, flexibilidade, “novo normal”… Há diversas palavrinhas novas que foram introduzidas em nossas vidas esse ano, não é mesmo? Fomos apresentados a uma realidade que ainda parecia distante para muitas pessoas.

A quarentena forçou muitas empresas a flexibilizarem seus postos de trabalho, oferecendo aos funcionários a oportunidade de trabalhar de casa. E não pense que é temporário: muitas pretendem manter o home office mesmo após a pandemia.

A Oi realizou uma pesquisa com mais de 10 mil colaboradores, e comprovou que o home office não só aumentou a produtividade dos funcionários, como também trouxe uma economia de gastos para a empresa, visto que as sedes físicas deixaram de ser usadas.

78% dos empregados que responderam à pesquisa afirmaram ter interesse em continuar a trabalhar nesse modelo após a pandemia. 95% dos gestores também afirmaram concordar com essa prática no futuro, mesmo de forma mais maleável – trabalhando de casa de 2 a 3 vezes por semana, por exemplo.

É evidente que a pandemia está mudando os hábitos de consumo da população, e isso impacta diretamente nas oportunidades de trabalho e profissões em alta para 2021 e pós-pandemia. Diante de tantas mudanças, não há dúvida que é hora de se reinventar, seja para o colaborador, líder ou empresa.

ead faesa

Organizações que investirem em tecnologia, oferecendo seus produtos no meio digital, além de um bom atendimento ao cliente, ganharão cada vez mais espaço.

As tendências que chegaram para ficar.

Ainda analisando o “labo bom” da pandemia, é possível citarmos algumas tendências de mercado que foram postas em prática de maneira quase obrigatória, mas que trouxeram um avanço tecnológico bastante positivo para as nossas rotinas. Se por um lado o coronavírus trouxe medo e incerteza para muitas pessoas, por outro trouxe alguns bons motivos para acreditarmos em dias melhores quando tudo isso passar.

Essas são algumas das tendências do mercado de trabalho para o pós-pandemia e que, se aplicadas de maneira organizada e planejada, prometem trazer bons resultados:

Quais profissões tendem a crescer em 2021?

Treinar de casa, consultar com o médico via videoconferência ou mesmo realizar as compras do mercado por um aplicativo pareciam realidades ainda um pouco distantes da nossa realidade, mas a pandemia chegou com tudo para provar que já passou da hora de o mercado se ajustar às novas demandas.

O aumento das vendas online tem “forçado” – no bom sentido – muitas empresas a modernizarem seus sistemas, gerando uma nova demanda de postos de trabalho para profissionais das áreas de TI (tecnologia da informação), por exemplo. Essa é uma das carreiras que mais devem crescer com a nova realidade do mercado.

Outro profissional em alta é o do marketing digital, um campo que já vinha crescendo e agora se tornou essencial para os bons negócios. Com mais gente comprando pela internet, é preciso investir em sistemas digitais que funcionam e entreguem os serviços com qualidade. Fato é que a internet dominará todas as áreas do mercado, e é preciso estar preparado para encarar essa demanda.

Confira a seguir algumas das áreas que mais crescem e devem adquirir um lugar de destaque no mercado de trabalho nos próximos anos. 

Profissões da área da tecnologia

A tecnologia é a grande protagonista dos nossos tempos e várias profissões dessa área estão em alta em 2021. Se por um lado a pandemia levou milhares de pessoas ao desemprego, por outro ela tem feito o mercado valorizar ainda mais as profissões relacionadas aos avanços tecnológicos. Não importa qual a sua área de atuação no mercado, é necessário se reinventar para atender as demandas do setor pelo meio digital.

Em qualquer profissão, tecnologia e inovação serão as palavras-chave para o mundo pós-pandemia. Em levantamento feito pela empresa Page Group, foi constatado que seis cargos na área de tecnologia de informação aumentaram sua procura por profissionais durante a crise gerada pelo coronavírus. São eles:

Logística e gestão da produção

Você sabe dizer sem pensar muito qual foi a empresa que mais cresceu durante a pandemia? Se nomes como Amazon ou Magazine Luiza passaram pela sua cabeça, acertou! Mas afinal, o que essas duas empresas têm em comum? Ambas são líderes – internacional e nacional – no setor do varejo. E com o aumento das compras online, elas dispararam e se tornaram referências para diversos mercados.

Fato é que não dá para manter um produto no meio digital sem uma boa estrutura por trás, e o setor logístico faz toda a diferença para quem está começando ou mesmo quer aprimorar seu negócio na internet. O profissional de logística é o grande responsável por controlar o estoque, a armazenagem e a distribuição das pequenas e grandes empresas. 

Se você já é formado em engenharia e quer ampliar sua área de atuação, o campo da logística pode ser uma excelente oportunidade, pois essa área profissional vai crescer em 2021 e no pós-pandemia. E essas são algumas das tendências que devem fazer parte da nova realidade do setor logístico para os próximos anos:

 

Marketing Digital

Não tem jeito, a internet chegou para ficar e deve crescer ainda mais no pós-pandemia. Esse nicho de mercado já vinha em alta e o coronavírus só o fez se distanciar ainda mais das outras opções.

Quem poderia imaginar que em pleno 2021 estaríamos acompanhando shows dos nossos artistas preferidos pela tela do computador? Ou então que veríamos a cafeteria simpática do bairro expandir seus negócios para o mundo virtual e chamar a atenção da cidade toda? O marketing digital tem esse poder de transformar diferentes ideias e expandi-la para o país todo – e por que não para o mundo? – de forma democrática para todos os tipos de empresas.

O isolamento social obrigou muitas empresas a reinventarem seus negócios. O comércio de bairro, a feirinha de todos os domingos, a padaria, o salão de beleza, todos eles se viram obrigados a modernizar suas estruturas por meio de soluções digitais.

O marketing digital traz inúmeros benefícios para as empresas: agrega valor, alinha o negócio às tendências do mercado, impulsiona as vendas e melhora a divulgação do produto. O profissional que souber se aproveitar dessas oportunidades para oferecer seus serviços serão de grande valia para muitas empresas. Essas são algumas das áreas que mais devem crescer no marketing digital após a pandemia do coronavírus:

Saúde física e mental

Quem é que imaginava, lá no começo do ano, fazer exercícios físicos na frente da televisão enquanto acompanha uma live do instrutor da academia pelas redes sociais? Vai me dizer que você não experimentou uma aula de yoga durante o isolamento social? Ou que tal uma sessão de terapia online?

A pandemia nos trouxe algumas boas razões para valorizarmos ainda mais o bem-estar físico e mental, afinal passar muitas horas dentro de casa, deixar de sair com os amigos e até mesmo para dar uma volta se tornaram angústias diárias na vida de muita gente.

O psicólogo passou a atender seus pacientes por meio de videochamadas; a dieta criada pela nutricionista agora chega pelo seu e-mail; a consulta de emergência por conta de uma gripe também é feita de casa e por aí vai.

Essas são só algumas das possibilidades que o setor da saúde terá pela frente, uma realidade que sequer era cogitada no Brasil até então, por conta de muitas burocracias que não permitiam ao médico atender seus pacientes de casa. A telemedicina já é realidade e veio para ficar.

Se você já é formado em alguma área da saúde ou pensa em ingressar no ensino superior para estudar algo relacionado, saiba que essa é uma das carreiras em alta para 2021 e surgindo para o pós-pandemia.

Seja na saúde básica ou por meio de consultas online, o profissional dessa área tem se atualizado cada vez mais para tornar o atendimento mais acessível e disseminar boas práticas para fortalecer a saúde dos indivíduos.

webconferencia

Consultoria financeira e contábil  

Se há um setor de bastante risco durante a pandemia, ele com certeza está ligado ao nosso bolso. Isso porque muitas pessoas acabaram perdendo seus empregos abruptamente, e o mercado continua instável sobre quando e como toda essa crise vai passar. Assim, muitos foram pegos de surpresa e viram suas economias irem por água abaixo durante a quarentena. Planejamento é a palavra-chave para evitar decepções futuras no orçamento.

Por isso a área das finanças e contabilidade é uma das profissões em alta para 2021 no pós-pandemia. O profissional contábil surge como uma figura importante para auxiliar os pequenos e médios empresários e a conter os gastos pessoais no dia a dia. A educação financeira tem sido uma importante aliada para momentos de crise, e planejar o financeiro é fundamental para evitar novos baques no futuro.

Seja para a sua empresa, seja para a sua vida pessoal, investir em uma reserva de emergência pode ajudar no planejamento da casa e da família. O brasileiro já foi apresentado a novos meios de pagamento, mas só agora tem experimentado na prática um avanço crescente dessa estrutura digital.

O aumento do consumo online também tem aumentado a procura por bancos mais flexíveis, contas digitais e sem tarifas abusivas e investimentos em renda fixa e variável. Dessa forma, o profissional de gestão financeira será cada vez mais importante para a realidade em que vivemos.

Analista de Experiência ao Cliente

Todas essas mudanças no mercado de trabalho demandam tempo para se ajustarem à rotina dos brasileiros. Muitas empresas estão lidando com o ambiente digital pela primeira vez, por terem sido obrigadas a investir em produção de conteúdo digital para atrair clientes e reformular suas marcas. Portanto, um setor que deve crescer muito no pós-pandemia é o de atendimento ao cliente.

Ao expandir seus negócios para o mundo virtual, não basta um site atrativo e uma plataforma de pagamento de qualidade. Agora, com a chance de atingir públicos de diferentes lugares, é preciso investir em uma boa experiência.

Foi-se o tempo em que o cliente comprava por “comprar”. Ele precisa se identificar com a marca, entender seus princípios e até mesmo sua postura na internet, para então se tornar um cliente fiel à essa marca. Afinal, o empresário não quer um simples cliente: você quer um cliente recorrente.

O profissional responsável pelo bom atendimento do cliente precisa entender que está lidando com diferentes públicos e idades. E agora, mais do que nunca, é preciso ter um diálogo objetivo e claro. Ninguém mais quer passar horas no telefone conversando com um atendente de telemarketing robótico.

As melhores empresas do mercado têm ganhado espaço justamente por conta do seu atendimento. Você sabia que o Nubank desbancou os grandes bancos tradicionais por investir em atendimento qualificado? Hoje a empresa é referência no setor e conta com um time de profissionais preparados para lidar com todas as adversidades.

Consumo mais consciente, cidadãos mais empáticos uns com os outros e um mercado de trabalho mais flexível: essas são algumas das tendências otimistas que os especialistas enxergam para o mundo pós-pandemia. É bem verdade que não podemos realizar grandes sonhos nesse momento, mas é possível planejar os próximos passos e enxergar oportunidades mesmo nos momentos de crise.

Você tem um projeto pessoal guardado na gaveta e não sabe a melhor forma de colocá-lo em prática? Que tal aproveitar esse momento de “desaceleração” mundial para focar mais em si mesmo? Talvez esse seja o momento ideal para investir em um futuro cheio de oportunidades. Vamos todos sair dessa mais fortes.

Agora que você já sabe as profissões em alta em 2021 e no pós-pandemia, que tal se preparar para elas? Confira o nosso texto a seguir e saiba mais: Como organizar meu tempo para trabalhar, estudar e cuidar da família.

Referência:
blog.unicesumar.edu.br
zoom.education
ead.faesa.br

Botão Voltar ao Topo