Notícias

SIC reforça a liderança em outubro

‘Goucha’ destaca

Dois às 10 ultrapassou Casa Feliz, Goucha consolidou o primeiro lugar nas tardes, mas o horário nobre fez a SIC ganhar o dia.

‘Goucha’ destaca

Goucha (4,3% / 19%) consolidou o primeiro lugar nas tardes, com uma diferença considerável face a Júlia (2,7% / 12,3%), que teve uma emissão mais curta. A diferença entre TVI e SIC alcançou sete pontos, tendo Goucha liderado durante toda a emissão.

O programa de ontem (18) contou com uma grande entrevista ao psiquiatra Daniel Sampaio, irmão do Ex-Presidente da República Jorge Sampaio, que falou da sua luta contra a Covid-19. No total, 402 mil espectadores acompanharam o programa, bem mais do que os 255 mil que se mantiveram fiéis ao formato da SIC.

A reforçar a subida de audiências que se verifica desde a estreia do Big Brother, Dois às 10 (3,5% / 18,8%) ultrapassou Casa Feliz (3,2% / 17,5%). O programa da SIC tem vindo a perder espectadores e a concentrar a preferência apenas na parte final. Só a partir do meio-dia os espectadores mudaram para a SIC, para acompanhar a Crónica Criminal. Na RTP, a Festa das Vindimas, em Trás-os-Montes, continua a conquistar mais espectadores da parte da manhã (1,6% / 8,9%) do que no bloco da tarde (1,6% / 7,3%).

O jogo da Liga Europa, Estrela Vermelha X Sporting Braga (5,2% / 17,2%), chegou a resultados mínimos na competição e acabou por beneficiar Cristina Ferreira que liderou no horário de emissão, por 16,3% contra 15,9% da SIC. No total, 442 mil espectadores preferiram Cristina ComVida (4,7% / 16,4%). Portugal em Directo (2,9% / 10,4%) ficou distante das privadas.

Mas foi Fernando Mendes quem marcou o melhor resultado do final da tarde, com O Preço Certo (8,5% / 21,8%) a liderar confortavelmente e com o Diário do Big Brother (7,4% / 18,9%) a marcar a pior audiência desde a estreia do programa no passado domingo.

O daytime pertenceu à estação de Queluz, mas as novelas permitiram que SIC vencesse o dia, com 19% de share, face aos muito próximos 18,4% da TVI. A RTP1 alcançou 10,8%.

A partir do Jornal da Noite (10,6% / 22,3%), a SIC ganhou fôlego e garantiu a liderança com Amor, Amor (12% / 25,5%) e A Serra (10,3% / 26,6%). Festa é Festa (10,9% / 22,9%) e Bem Me Quer (9,5% / 22,4%) não ficaram muito distantes.

Na reta final, Amar Demais (8,4% / 24,4%) liderou frente ao bloco Quem Quer Namorar Com A Agricultora (6,8% / 21,3%), mas perdeu nos minutos de frente a frente com Tempo De Amar (5,7% / 24,1%).

A repetição do diário de Quem Quer Namorar Com O Agricultor marcou 21,5%, o melhor valor de quota de mercado, ao contrário do Extra do Big Brother que ficou pelos 18,6%, o pior resultado da semana.

A noite da RTP1 teve Linha da Frente (6,2% / 12,3%), Joker (4,6% / 9,9%) e o filme A Canção de Lisboa (1% / 4%) e os resultados continuam longe das privadas.

Outubro: Liga Europa mais difícil e liderança da Liga foge

Derrota em Roterdão e empate caseiro com o Rangers tiveram contas positivas pelo meio

Outubro: Liga Europa mais difícil e liderança da Liga foge

Do ponto de vista desportivo, outubro foi um mês difícil para o FC Porto. Com a derrota averbada em Roterdão, diante do Feyenoord, e o empate na receção ao Rangers já perto do final do mês, os dragõ…

Para si, toda a informação exclusiva sempre acessível

A primeira página do Record e o acesso ao ePaper do jornal.

Arquivo de Portugal

RDS, a rádio da Grande Lisboa

Arquivo de Portugal

by Miguel Bicho | 26 Outubro 2021 | Portugal

by Rita Marques | 26 Outubro 2021 | Fama, Portugal

by Rita Marques | 26 Outubro 2021 | Cultura, Portugal

by Rita Marques | 26 Outubro 2021 | Fama, Portugal

by Rita Marques | 25 Outubro 2021 | Portugal

by Rita Marques | 25 Outubro 2021 | Fama, Portugal

A Rádio da Grande Lisboa.

Contactos    |   Ficha Técnica    | Política de Privacidade

SIC reforça share em novembro com TV nacionais no top das atenções

Os canais Pay TV apresentaram um decréscimo no share de audiência.

SIC reforça share em novembro com TV nacionais no top das atenções

A SIC reforçou em novembro a liderança nas audiências de televisão. A estação do grupo Impresa obteve um share de 23,1%, mais 0,6 pontos percentuais face ao mês anterior. A TVI terminou este período com 16% de share (mais 0,4 pontos percentuais face outubro) e a estação de televisão pública RTP atingiu os 15,5% (mais 0,9). A CMTV registou um share de 4,9%, menos 0,1. Estes são os canais com mais audiência no país, segundo revelam os dados da UM/IPG Mediabrands.

Os canais Pay TV apresentaram um decréscimo no share de audiência, com uma variação de menos 1,7 pontos percentuais quando comparado com outubro. Ainda assim, o consumo dos canais por subscrição representou 41,8% do share do meio, com os canais das tipologias de entretenimento, informação, infantis e filmes e séries a destacarem-se no top dos mais vistos.

A Globo foi o canal que mais audiência perdeu, mostrando uma quebra de menos 0.5 pontos percentuais. Já a Fox manteve a liderança isolada entre os canais de séries, terminando o mês com 1,9% de share. A Fox Life manteve-se na segunda posição com 1,2% de share (menos 0,1) e a AXN encerrou o Top 3 dos mais vistos com 1% de share (mais 0,1 face a outubro).

Subscreva a nossa newsletter e tenha as notícias no seu e-mail todos os dias

Comboio da TVI acelera e reforça liderança

A telenovela Mundo Meu deu à TVI a maioria absoluta na recta final do horário nobre, ao atrair a atenção de 50,1 % dos espectadores que viram televisão entre as 23.15 e as 00.15, aproximadamente.

Comboio da TVI acelera e reforça liderança

A telenovela Mundo Meu deu à TVI a maioria absoluta na recta final do horário nobre, ao atrair a atenção de 50,1 % dos espectadores que viram televisão entre as 23.15 e as 00.15, aproximadamente.

A performance da novela protagonizada por Margarida Vilanova tem vindo a melhorar, reforçando a posição de domínio da TVI em todos os slots a partir das 19.00.

Na terça-feira, o canal de José Eduardo Moniz estendeu ainda o seu domínio aos noticiários das 20.00, um território onde o Telejornal da RTP1 vem disputando a liderança ao Jornal Nacional.

Subscreva as newsletters Diário de Notícias e receba as informações em primeira mão.

O noticiário do canal 1 acabou por ser a única rubrica a intrometer-se entre os programas da estação líder. O Telejornal superou a transmissão do jogo da selecção de sub 21, que mesmo assim fez 12 pontos de audiência média em concorrência directa com os séniores da audimetria, Primeira Companhia e Ninguém Como Tu.

E o futebol lá deu o empurrão para a RTP conseguir ser o segundo canal mais visto do dia, uma situação que se verifica com cada vez maior frequência, haja ou não futebol no serviço público.

A SIC perdeu espectadores do Malucos do Riso para o futebol, mas o grande problema continua a ser a canibalização do público da novela America pela novela rainha da TVI. A produção da Globo ficou com um share de 22 pontos, contra 40,8 de Ninguém Como Tu.

Na manhã, o equilíbrio entre os três principais canais foi quase absoluto. Mas a vantagem, ainda que escassa, foi para… a TVI.

Referência:
espalhafactos.com
www.record.pt
www.rds.pt
www.dinheirovivo.pt
www.dn.pt

Botão Voltar ao Topo