Brésil

Tribunal autoriza que lei pró

Tribunal autoriza que lei pró

Corte de apelações americana derrubou decisão de juiz distrital que proibia aplicação de lei pró-vida no Texas. Leia na Gazeta do Povo

Tribunal autoriza que lei pró

O Tribunal de Apelações do 5º Circuito dos Estados Unidos decidiu na sexta-feira (8) permitir temporariamente a aplicação de uma lei pró-vida do Texas que havia entrado em vigor em 1º de setembro, mas que havia sido suspensa na última quarta-feira (6) por uma decisão do juiz distrital Robert Pitman, de Austin, capital texana.

A chamada lei do batimento cardíaco proíbe que o aborto sejarealizado no Texas a partir do momento em que o batimento cardíaco do feto podeser detectado (normalmente por volta da sexta semana de gestação) e prevê quequalquer cidadão pode ajuizar ação civil contra pessoas que “ajudarem ouinduzirem” à interrupção da gravidez após esse período.

Pitman havia tomado a decisão dentro de um processo em que ogoverno do presidente Joe Biden questiona a matéria e após receber alegações deprocuradores federais e do estado do Texas na sexta-feira passada (1º). O governotexano apelou da decisão.

De acordo com o Texas Tribune, a aplicação da lei continuará valendo até pelo menos terça-feira (12), quando é esperado um posicionamento do Departamento de Justiça americano. Depois de considerar os argumentos de ambos os lados, o tribunal deve decidir se continuará permitindo a aplicação da lei enquanto o processo tramita.

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade, incluindo o recebimento de conteúdos e promoções da Gazeta do Povo. O descadastramento pode ser feito a qualquer momento neste link.

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Referência

Tribunal autoriza que lei pró
www.gazetadopovo.com.br

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo